Ricardo diz que se João tiver sensibilidade deve participar SOS Transposição: “Se eu fosse governador, iria”

Ricardo diz que se João tiver sensibilidade deve participar SOS Transposição: “Se eu fosse governador, iria”

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), afirmou nesta quarta-feira (28), durante entrevista à Rádio Arapuan FM, que todos os políticos com sensibilidade aos problemas enfrentados pela Transposição do Rio São Francisco devem participar do ato de domingo (16), em Monteiro.

Questionado se o governador João Azevêdo (PSB) deve ir ao evento, Ricardo disse que não conversou com João sobre o tema, mas minimizou uma possível ausência do governador. Ele disse que mais importante do que a participação dos governadores e lideranças políticas, é a presença do povo.

“Acho que essa pergunta tem que ser feita ao governador ou aos governadores. O ato não é meu, sou um militante na luta popular pelo desenvolvimento do Estado. Todos que sejam sensíveis a essa causa, independentemente de partido político, são muito bem-vindos. Não posso tá respondendo por João Azevêdo e nenhum outro governador. Agora, mais importante do que qualquer autoridade, é a presença do povo. Acho que os governadores do Nordeste e, particularmente, o da Paraíba devem estar presentes”, declarou.

Questionado sobre a crise no PSB, após intervenção da Executiva Nacional no Diretório da Paraíba, Ricardo disse que não trataria do assunto. “Eu dei a você a importância de fazer a entrevista sobre o ato no dia 1. Não vou me dispersar porque meu foco é é a Transposição do Rio São Francisco”, disparou Ricardo.

Blog do Anderson Soares