Ricardo reúne PM para discutir protestos previstos para JP e não quer uso de armas - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Ricardo reúne PM para discutir protestos previstos para JP e não quer uso de armas

O governador Ricardo Coutinho (PSB) se reuniu com o comando da Polícia Militar no final da tarde desta segunda-feira, 17, no Palácio da Redenção, para discutir como será a atuação da Polícia durante protesto previsto para acontecer em João Pessoa na próxima quinta-feira, 20. Ricardo destacou que a manifestação é um direito pátrio da sociedade, recomendou que a Polícia não use armas não letais, mas pediu garantia dos direitos de todos, não apenas dos manifestantes.

“A manifestação é um direito pátrio que a sociedade tem de se organizar e externar seus descontentamentos, mas cabe ao governo fazer com que as coisas sejam respeitadas”, disse o governador revelando que o comando da PM já tem mantido contato com os organizadores do evento.

“É preciso proteger a todos, porque o direito de um termina quando o do outro começa”, destacou Ricardo.

Protestos em todo país

A onda de protestos que começou em São Paulo contra o reajuste nas passagens de ônibus se espalhou por todo país a partir da última quinta-feira, quando a manifestação foi reprimida com muito violência pela Polícia Militar. Somente neste dia, mas de 250 pessoas saíram feridas, entre elas 15 jornalistas.

Nesta segunda, mais de 220 mil pessoas saíram as ruas em pelos seis estados de norte a sul do país. Na maioria do tempo, os protestos foram pacíficos, mas houve registro de violência no Rio, Belo Horizonte e Brasília.

Marcos Wéric