Roberto Cavalcanti é empossado na Academia Paraibana de Letras

Roberto Cavalcanti é empossado na Academia Paraibana de Letras

A Academia Paraibana de Letras (APL) decidiu: Roberto Cavalcanti Ribeiro é o novo imortal a integrar a casa. Com ampla maioria, o empresário, diretor-presidente do Sistema Correio de Comunicação e diretor da Confederação Nacional das Indústrias (CNI) conquistou 28 dos 35 votos dos presentes para a eleição, que ocorreu durante toda a manhã dessa sexta (23).

O novo acadêmico, que agora ocupa a cadeira de número 27, competiu com o escritor e arquiteto Germano Romero, que teve cinco votos, e com o ex-senador Ney Suassuna, que levou dois votos.

“Esta é uma eleição que cabe à academia eleger seu novo membro. Ao candidato, tão somente cabe se apresentar. Tive um resultado expressivo e isso não acontece sem contar com uma equipe dedicada e amigos fiéis. Isso me envaidece, mas me dá uma tremenda responsabilidade de representar esta academia. Estou aqui para trabalhar para que ela se agigante, se engrandeça”, destaca Roberto Cavalcanti.

Os votos começaram a ser apurados pontualmente ao meio-dia, após o término da votação, que contou com 35 dos 39 imortais (as quatro ausências foram justificadas previamente). A comissão eleitoral designada para avaliar o pleito foi formada por três membros: os acadêmicos Ramalho Leite, que é o presidente, Itapuan Botto Targino e Socorro Aragão.

Antes do resultado, o presidente da APL e também secretário de Cultura da Paraíba, Damião Ramos, ressaltou a tranquilidade da eleição e o respeito ao rito democrático. “É um dia de festa democrática que tem como principal objetivo preencher a vaga da cadeira deixada pelo saudoso Carlos Romero. Houve participação maciça dos acadêmicos para a decisão”, comemorou.

O escritor e crítico literário Hildeberto Barbosa Filho, também imortal da academia e votante, comentou o resultado das eleições. “Acho importantíssimo que o processo democrático transcorra em sua normalidade, preservando o direito ao sigilo dovoto dos acadêmicos e o respeito  às credenciais e aos méritos  de quem se sagrou vencedor. Se a maioria decidiu, temos que referendar a escolha, na esperança de que o novo acadêmico se integre à sua nova posição, possa contribuir, dentro de suas possibilidades, com o pensamento, com as ideias e com a memória da casa”, defende.

Hildeberto ainda salienta o caráter amplo da Academia Paraibana de Letras, abraçando a sociedade da Paraíba como um todo. “Ela envolve o mundo intelectual, das ideias, não apenas no campo da literatura, mas também na comunicação, no campo das artes, das ciências sociais, da filosofia… Ela representa os diversos campos do saber desenvolvidos por paraibanos”, completa o imortal.

Roberto Cavalcanti Ribeiro é graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e de outros cursos. Empresário, atua nos ramos do comércio e da indústria, destacando-se como Homem de Comunicação. De espírito criativo, inovador e empreendedor, institui o Sistema Correio de Comunicação, onde comanda o grupo integrado por emissoras de rádio e televisão, jornais e periódicos, e canais de mídia digital.

Ao dar o parecer para a inscrição de Roberto Cavalcanti, o acadêmico Itapuan Bôtto Targino ressaltou seu espírito criativo, inovador e empreendedor: “O signatário escreveu 925 crônicas e artigos publicados no jornal Correio da Paraíba, entre os anos de 2009 e 2019, apresentados a esta Academia, em 11 volumes cronologicamente encadernados, no ato de sua inscrição”. Roberto Cavalcanti é autor dos livros Meu tempo sobre o tapete azul, lançado em 2010, e Como Penso, deste ano.

Como diretor-presidente de um sistema de comunicação como o Correio, o novo imortal da Academia Paraibana de Letras ressalta a importância da aproximação entre a cultura e os meios de comunicação. “A comunicação traz para a opinião pública aquilo que existe de concreto. A Paraíba é extremamente prodigiosa em sua produção literária e artística. Nossa missão é transmitir esse fantástico acervo que a Paraíba nos oferta. Temos uma equipe fantástica e competente que está empenhada em mostrar aos paraibanos sua riqueza”, completa.

Portal Correio