Rodrigo Maia diz que reforma tributária buscará ‘simplificação’ e não ‘redução de impostos’ no Brasil

Rodrigo Maia diz que reforma tributária buscará ‘simplificação’ e não ‘redução de impostos’ no Brasil

O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira (16) que a reforma tributária não vai reduzir a carga de impostos, mas sim trabalhar na simplificação para estimular o crescimento da receita no País.

Maia citou que o sistema tributário do Brasil é tão complicado que pouca gente deve conhecer. “É óbvio que a gente não vai olhar para uma reforma tributária dizendo que vamos reduzir a carga tributária. O governo federal tem 94% de suas despesas obrigatórias. Ninguém vai conseguir da noite para o dia reduzir”, disse.

O presidente da Câmara afirmou que a reforma tem o principio de estimular o crescimento da economia do País, atraindo novos investidores. “Vamos trabalhar na simplificação para que a reforma estimule o crescimento da receita e aí vamos poder ter outro ambiente pros setores privados e público”, afirmou.

Recuo das despesas públicas

Ainda de acordo com Maia, primeiro é preciso reduzir o tamanho do estado e o crescimento das despesas públicas que há anos está acima da inflação. “Para que a gente possa olhar para a reforma tributária não apenas como simplificação, primeiro vamos ter de olhas as despesas do estado que crescem, e vão inviabilizando prefeitos, governadores e o governo federal”, concluiu.


Portal WSCOM