Romero entrega 288 unidades habitacionais do Vila Nova da Rainha II e beneficia mais de 1.200 pessoas

romero casas entreguesDurante a manhã desta terça-feira (30), o prefeito Romero Rodrigues realizou a entrega de 288 apartamentos no Residencial Vila Nova da Rainha II, situado no Bairro do Bodocongó. O empreendimento habitacional é uma realização da Prefeitura Municipal de Campina Grande, em parceria com o Governo Federal, através do Programa “Minha Casa Minha Vida” e Caixa Econômica Federal.

Destinado a famílias com renda de até R$ 1.600 reais, e com o valor da unidade estimado em R$ 57.000 mil reais divididos em prestações mínimas de R$ 25,00 e máximas de R$ 80,00 a serem pagos no perdurar de 10 anos, o empreendimento é resultado de um investimento envolto de R$ 16 milhões de reais que beneficiaram aproximadamente 1.200 pessoas.

Os apartamentos contam com dois quartos, sala, cozinha, área de serviço e banheiro, além de uma extensa área externa com pátio de entretenimento, guarita com vigilância 24 horas e toda logística necessária para o convívio familiar e social daqueles que foram contemplados.

Para o Prefeito Romero Rodrigues, “este momento retrata os esforços da gestão municipal em atender a demanda da população, que em alto e bom som clama por dignidade, começando pela base da cada família, a moradia”.

Para ele, “entregar uma casa a quem mais precisa, só não é mais importante que nossa fé em Deus, nossa base familiar e a saúde de todos nós. Um lar é algo muito importante na vida de qualquer família, pois, trata-se de um apaziguamento quando que estas pessoas deixaram de pagar aluguel, o que é algo desumano para muitos” salientou Romero.

O chefe do Executivo municipal destacou ainda as ações que estão sendo executadas pela gestão no que tange à problemática da moradia, algo complexo em todo o País e evidenciado no dia a dia da sociedade.

“Campina hoje está abrigando a maior obra habitacional do Brasil dentro do Complexo Multimodal Aluízio Campos com mais de 4 mil unidades habitacionais em fase de construção, além de setores do comércio, serviços, logística e tecnologia da informação” destacou.

WSCOM Online