Rômulo diz que terá de tomar ‘decisão impessoal’ no caso de rompimento entre Cássio e RC

romulogouveiaO vice-governador do Estado, Rômulo Gouveia (PSD), afirmou que, no caso de uma candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao Governo do Estado, ele terá que tomar uma decisão de forma impessoal.

Questionado de que lado ficaria em um eventual rompimento entre o tucano e o atual governador Ricardo Coutinho (PSB), Rômulo declarou que não trabalha com esse cenário. “Não tem sentido eu estar pensando em uma coisa que eu não quero. Meu desejo é que a aliança continue, que Ricardo seja reeleito com o apoio de Cássio”, colocou.

Ainda assim, o vice-governador não se furtou em esboçar o que faria no caso do rompimento. “Claro que eu teria que tomar uma decisão. E não seria pessoal. No passado talvez eu pudesse escolher de forma pessoal. Mas hoje eu sou dirigente de um partido e devo ouvir os filiados”, colocou.

Pedro Callado