Ronaldo Filho afirma que PSDB vai bater o materlo na próxima semana - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Ronaldo Filho afirma que PSDB vai bater o materlo na próxima semana

ronaldo filhoO vice-prefeito de Campina Grande, Ronaldo Filho (PSDB) revelou na manhã desta quarta-feira (29), que a cúpula do PSDB vai se reunir na próxima semana e decidir sobre a manutenção ou não da aliança com o PSB do governador Ricardo Coutinho.

Em entrevista a Rádio Correio FM 98, Ronaldinho que também é vice-presidente do PSDB paraibano não descartou a possibilidade de continuação da aliança entre tucanos e socialistas.

Discordando do vice-governador Rômulo Gouveia (PSD), Ronaldo Filho afastou qualquer possibilidade de sercandidato a vice governador na chapa a ser encabeçada por Ricardo Coutinho. Ele revelou que o seu projeto é continuar ajudando o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) a governar Campina Grande, tendo um carinho especial ao Conselho de Segurança ao qual é presidente.

Como Cássio, Ronaldo defendeu, uma avaliação do governo antes do PSDB manter a aliança. Segundo ele, as principais lideranças do partido vão se reunir para tomar a decisão que for melhor para a Paraíba.

“Em 2010, a aliança foi firmada com base numa carta compromisso, mas em 2014 será diferente, pois depois de três anos de gestão não podemos mais avaliar a carta proposta e sim a administração. Apesar de não estar participando das decisões estaduais, no meu caso pretendo continuar meu trabalho em Campina como vice-prefeito e não disputar nada em 2014”, afirmou Ronaldo Filho.

Mais uma vez Ronaldo Cunha Lima Filho mostrou desconforto quando foi abordado sobre uma eventual candidatura de seu irmão, o senador Cássio Cunha Lima, ao governo do Estado.

Em relação a entregar cargos dos tucanos, Ronaldo não considera que a saída de Silva Almeida (Ex- Silvia Cunha Lima) do governo de Ricardo Coutinho represente o fim da aliança PSB/PSDB. Para ele, foi uma decisão pessoal da ex-primeira dama, o que não sinaliza o rompimento entre tucanos e socialistas.

Os tucanos da Paraíba estão divididos quando o assunto diz respeito a manutenção da aliança do PSDB com o PSB. Uma ala liderada pelo deputado Ruy Carneiro, presidente estadual do partido, e pelo senador Cícero Lucena, defende o fim da aliança, e a candidatura de Cássio ao Palácio da Redenção. Já outra corrente, que tem a frente o vice-governador Rômulo Gouveia, que mesmo sendo do PSD tem ligações fortes com o ninho tucano, é a favor da permanência da aliança e do apoio a reeleição do governador Ricardo Coutinho.

Severino Lopes 

PBAgora