Rosas afirma que se não tivesse dado prazo para o PSDB se decidir, estariam até hoje no Governo com ‘candidatura disfarçada’ - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Rosas afirma que se não tivesse dado prazo para o PSDB se decidir, estariam até hoje no Governo com ‘candidatura disfarçada’

edivaldo rosasO presidente do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas, afirmou na manhã desta sexta-feira (28) que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) estava com uma candidatura camuflada dentro do Govenro do Estado. Ele rebateu as declarações do presidente do PSDB, deputado federal Ruy Carneiro.

Ruy afirmou, em resposta ao governador Ricardo Coutinho (PSB), que “se os tucanos são oportunistas por se manter no Governo durante 3 anos, então o PSB é muito mais, porque ficou 11 anos com Lula e Dilma”.

Rosas lembrou que o pré-candidato a Presidência da República, Eduardo Campos (PE-PSB) decidiu criar um projeto e anunciar um rompimento com mais de um ano de antecedência. “Avisou de forma muito clara. No caso da Paraíba é totalmente diferente. Precisou eu dizer que o PSDB teria que ter um prazo, definir uma data para dizer se seria candidato ou não. Se não fosse isso, estaria até hoje no Governo com candidatura camuflada que é Cássio”, colocou.

 

Pedro Callado / Fernando Braz