Rosas desiste de disputar 2018 para coordenar campanha de Azevêdo e Gervásio ganha força

Reconduzido à presidência do PSB neste sábado (24), Edvaldo Rosas confirmou que não vai disputar nenhum cargo eletivo no pleito de 2018. De acordo com o presidente, o governador do Estado, Ricardo Coutinho, pediu que ele coordenasse a campanha do secretário João Azevêdo.

Com isso, o nome do presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba, Gervasio Maia (PSB) ganhou força para a disputa por uma vaga na Câmara dos Deputados, em 2018, já que Rosas obteve votações expressivas nos últimos pleitos, chegando a alcançar a primeira suplência.

 

Rosas revelou que recebeu um pedido do governador Ricardo Coutinho (PSB) e também do secretário João Azevêdo para se dedicar à coordenação da campanha estadual no próximo pleito e decidiu atender. “É minha tarefa daqui pra frente é cuidar só dele, como diz a história”, falou.

 

Nas eleições de 2010 e 2014 Rosas obteve votações expressivas na disputa por um mandato federal, chegando a alcançar a primeira suplência. A expectativa agora é que esse espólio eleitoral seja rateado entre os candidatos do PSB a fim de fazer uma bancada socialista da Paraíba também no Congresso Nacional.
Paraíba.com