Ruy diz que RC copia Dilma ao reajustar água na PB

Ruy-Carneiro-1--310x245O presidente do diretório estadual do PSDB na Paraíba, Ruy Carneiro, criticou, nesta quinta-feira (7), o reajuste de 21,7% na tarifa da água anunciado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) para entrar em vigor a partir de 1º de fevereiro.

De acordo com Ruy Carneiro, o governador paraibano “está copiando a presidente Dilma Rousseff (PT) no hábito de adotar medidas contrárias às prometidas ao povo.

O tucano lembrou que o acúmulo de aumentos na conta de água no governo de Ricardo já soma o montante de  64,8%. “Se o consumidor fizer as contas vai perceber que houve um reajuste médio de 10,7% por ano, sem incluir 2014, que não teve aumento. É bom lembrar que foi o ano da reeleição. E a conta de não ter aumentado a água em ano eleitoral chega agora para o consumidor com um reajuste acima do dobro da média. Façam as contas e comprovem o que estou dizendo”, assegura.

Para Ruy isso é uma fraude contra a população. Ele disse que para parecer “bonzinho” aos olhos do eleitorado, o governador segurou o reajuste daquele ano e agora penaliza a população com um aumento exorbitante, num momento em que a inflação está disparada e o desemprego batendo na porta do trabalhador.

Ruy apontou também essa semelhança entre a gestão de Ricardo e a de Dilma.  “No ano da eleição a presidente segurou o aumento dos combustíveis e injetou recursos do tesouro para segurar o dólar. Passada a reeleição o que vimos foi o desastre econômico iniciado no ano passado com a explosão no preço da gasolina e a disparada do dólar. Se é pra copiar, devia ao menos copiar um modelo melhor para nosso povo”, aconselha o tucano.

O presidente do PSDB diz ainda que não adianta repetir que as contas estão equilibradas e manter uma política permanente de aumento de impostos como vem acontecendo porque quando a população  sente no bolso ela percebe que foi enganada.

No primeiro ano de governo, Ricardo Coutinho aumentou a tarifa de água em 16,93% (2011), depois em 7,69% (2012), 8,67% (2013) e 9,9% (2015). Em 2016 o reajuste será de 21,7%.

MaisPB