São Paulo apenas empata com rebaixado São Caetano, mas se classifica no Paulistão

São Paulo apenas empata com rebaixado São Caetano, mas se classifica no Paulistão

Em um jogo entre equipes desesperadas, o São Paulo empatou nesta quarta-feira com o São Caetano, por 1 a 1, no Anacleto Campanela, e garantiu classificação para as quarta de final do Campeonato Paulista. Com o empate, o Tricolor chegou aos 15 pontos e confirmou a segunda posição. Agora, a equipe de Vagner Mancini enfrenta o líder Ituano em duas partidas.

A primeira no final de semana com mando tricolor e a segunda, no meio da próxima semana, com mando da equipe do interior paulista. Na classificação geral, o time do Morumbi teve a 9ª melhor campanha, ficando atrás da eliminada Ponte Preta. Já o São Caetano ficou com oito pontos e acabou rebaixado para a Série A2 do Paulistão em 2020.

Ameaçado, São Caetano domina primeiro tempo São Paulo entrou em campo contra o São Caetano em busca de salvar a primeira parte de sua temporada e adiar o início de trabalho de Cuca. Para não depender do resultado do jogo do Oeste, o Tricolor precisava vencer o Azulão e, por isso, Mancini escalou o jovem Igor Gomes para o lugar de Hernanes, buscando maior apoio ao ataque formado mais uma vez por Anthony, Pablo e Carneiro. Já ao time do Grande ABC, apenas a vitória interessava na luta contra o rebaixamento, e o técnico Pintado apostou em Bruno Mezenga para comandar o ataque.

Antes da bola rolar, a torcida são-paulina protestou mais uma vez contra a diretoria, principalmente na figura do presidente Leco. Após o apito inicial, o São Caetano aproveitou o momento de instabilidade do adversário e foi pra cima buscando o gol desde os primeiros movimentos, deixando o Tricolor encolhido no campo de defesa, tanto que a primeira chance da equipe veio apenas aos 22 minutos, quando Carneiro marcou o gol, que foi anulado pela arbitragem por impedimento.

Com a maior posse de bola, o Azulão era presença constante no campo de ataque e criou grandes chances de abrir o placar, mas falhou na finalização. Na melhor chegada do primeiro tempo, Bruno Mezenga fez o pivô para Esley ficar cara-a-cara com Volpi. O volante chutou para boa defesa de Tiago Volpi. O São Paulo, que sentiu falta de Hernanes na criação, só conseguiu assustar novamente aos 43, quando Pablo soltou uma bomba para difícil defesa de Luiz Daniel.

Com o São Paulo acuado e com dificuldades de criação e o São Caetano falhando na conclusão da jogada, as duas equipes foram para o intervalo com igualdade no placar por 0 a 0. No sufoco, mas vaga garantida Tentando melhorar a armação de sua equipe, Mancini optou por tirar Gonzalo Carneiro para a entrada de Everton Felipe e a troca mudou a postura do time que, ao contrário de toda a primeira etapa, igualou a posse de bola e as oportunidades das equipes. Logo aos três minutos, Everton tabelou com Pablo que chutou com força, mas a bola explodiu na marcação e se perdeu pela linha de fundo. Com o equilibrio do jogo,

Pintado resolveu partir pro tudo ou nada e tirou o volante Esley para colocar o veterano Rafael Marques. Mesmo assim, o São Paulo continou com as melhores chances. Everton Felipe recebeu na esquerda e avançou para a área e chutou de bico, mas a bola ficou nas mãos do goleiro Luiz Daniel. Percebendo uma melhora cada vez maior no Tricolor, Mancini colocou Bruno Peres no lugar de Igor Vinicius em busca de maior ofensividade.

E apesar do jogo feio, o Tricolor conseguiu abrir o placar. Anthony recebeu a bola pelo lado direito, puxou para o meio para a perna esquerda e bateu firme. A bola desviou em Capa e venceu o goleiro Luiz.  Com o placcar favorável, Mancini fez sua terceira mudança, colocando o argentino Jonathan Gomez no lugar do jovem Igor Gomes. Pintado respondeu com a entrada de Hernandes no lugar de Bruno Mezenga e de Diego Rosa no lugar do badalado Vitinho. A movimentação do São Caetano melhorou com as mudanças e isso permitiu o empate.

Jogada do lado direito, Diego Rosa rolou para Pablo que chutou de primeira de fora da área para vencer Tiago Volpi, marcar um golaço e deixar o jogo igual novamente. Diante de um publico de 3.425 torcedores que protestaram contra suas equipes, o São Paulo confirmou sua vaga para enfrentar o Ituano nas quartas, enquanto o São Caetano deu adeus à Série A1 do Paulistão.

O Gol