“Seguimos fazendo o que nunca foi feito” declara Cartaxo ao comemorar premiação internacional de filme patrocinado por edital da PMJP

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV) usou suas redes sociais para comemorar a premiação conquistada pelo longa-metragem “Rebento”, de André Morais, realizado com recursos do Edital Walfredo Rodriguez, da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), que ganhou o Prêmio Especial do Júri do 12º Los Angeles Brazilian Film Festival (LABRFF).

Somente este ano quatro filmes patrocinados pelo Edital da PMJP estavam na programação oficial do festival.

“Com o apoio e investimento da Prefeitura de João Pessoa, o cinema produzido na Capital segue conquistando prêmios pelo mundo” destacou Cartaxo, complementando:

“Seguimos fazendo o que nunca foi feito! João Pessoa segue compondo o cinema internacional e ganhando espaço no mundo!” comemorou.

Confira:

O filme –“Rebento”, que tem roteiro e direção de André Morais, é uma ficção que conta a história de uma mulher que, após matar o filho recém-nascido, abandona casa e família em busca de um destino desconhecido. Ela anda durante um dia inteiro, abraçada a uma melancia e tem encontros breves que marcarão a sua vida, enfrentando um mundo às vezes hostil e às vezes delicado, na tentativa de conviver com o amor e o desamor que traz em si.

Rodado em várias cidades da Paraíba, com técnicos e atores do estado, o longa tem roteiro e direção de André Morais, direção de fotografia de João Carlos Beltrão, música original de Eli-Eri Moura. No elenco, Ingrid Trigueiro, Zezita Matos, Fernando Teixeira, Zé Guilherme Amaral, Verônica Cavalcanti, Margarida Santos, Palmira Palhano, Itamira Barbosa, Angélica Lemos, Anna Luiza Pordeus e Franck Ferreira.

Investimentos – A Prefeitura Municipal de João Pessoa, por meio de sua Fundação Cultural (Funjope), vem investindo cada vez mais no audiovisual. No total, já foram produzidos pelo Edital Walfredo Rodriguez cerca de 50 filmes, entre longas, telefilmes, medias e curtas-metragens, com investimentos de R$ 7.975.000, somando os três editais já lançados

O LABRFF –Fundado em 2008, o Los Angeles Brazilian Film Festival preencheu uma lacuna na ‘Meca do cinema’, se tornando uma vitrine para as produções brasileiras em Hollywood. O festival já exibiu mais de 680 títulos, premiou mais de 250 profissionais do cinema e contribuiu para a realização de longas-metragens no Brasil em parceria com os Estados Unidos, além de ter colaborado para o licenciamento de diversos títulos brasileiros para ‘majors’ de distribuição americana. O LABRFF se tornou o festival de cinema brasileiro de maior prestígio no exterior.

Blog do Ninja