Segunda versão do Google Glass será compatível com óculos de grau e solCOMENTE - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Segunda versão do Google Glass será compatível com óculos de grau e solCOMENTE

GoogleO Google anunciou que a segunda versão do Glass será compatível com óculos de grau e sol, na última segunda-feira (28). Desenvolvedores que têm a primeira versão do gadget poderão trocá-lo pelo novo modelo, sem custo adicional.

Em um post no Google +, a equipe do Glass afirma que além das atualizações regulares do software com sugestões de melhoria dadas pelos usuários, eles perceberam a necessidade de mudar o hardware. Com isso, o Glass poderá ser usado com uma linha futura de lentes de sol e com grau. A empresa não divulgou quanto custarão as lentes.

Além disso, o Google acrescentará um fone de ouvido mono, que substituirá a solução de áudio atual que funciona com reverberação do som pelos ossos da face (em inglês, “bone-conducting speakers”).

Todos os usuários que compraram o Google Glass até 28 de outubro deste ano poderão trocar o dispositivo pela segunda versão; é necessário se inscrever no programa de troca. Eles também poderão mudar de cor e dispositivo se quiserem.

O Glass, óculos futuristas com câmera e conexão à internet, ainda não é vendido comercialmente. O Google disponibilizou uma quantidade limitada de dispositivo para desenvolvedores (os quais chama de “exploradores”). A expectativa é que a empresa inicie a dispositivo no mercado em 2014, mas ainda não há  data definida.

Ampliar

Google Glass já é usado em cirurgia, cobertura jornalística e até vídeo pornô; veja utilidade21 fotos

2 / 21

Google Glass na medicina. O cirurgião norte-americano Christopher Kaeding usou o Google Glass para transmitir ao vivo um procedimento cirúrgico no joelho de um paciente de 47 anos a colegas e estudantes da Universidade Estadual de Ohio. “”Honestamente, uma vez que a cirurgia começou, eu esqueci que o dispositivo estava ali. Ele parecia muito intuitivo e se encaixou perfeitamente””, disse Kaeding. A universidade espera que no futuro o Glass possa ser comando por voz para pedidos de imagens de raio-x e tomografias, relatórios de doenças e outros materiais de referênciaDivulgação