Segundo terremoto abala México em menos de uma semana

O novo terremoto, cujo epicentro foi o estado de Oaxaca, aconteceu às 9h53 de Brasília.

Segundo a Defesa Civil, o tremor não causou danos aos edifícios da Cidade do México, como o terremoto de terça-feira (20).

De qualquer modo, por causa do alerta soado pela manhã, buscas e resgates relativos ao terremoto anterior foram suspensas.

Última esperança

 Três dias após um terremoto, a operação de resgate normalmente é suspensa para dar passagem aos tratores que começam a remover os entulhos maiores em busca de cadáveres.

Os parentes dos desaparecidos, no entanto, conseguiram convencer as autoridades a postergar a operação com tratores, na esperança de encontrar sobreviventes miraculosos, como aconteceu no gigantesco terremoto de 1985, quando mais de 10 mil pessoas morreram.

Pelo último balança da Defesa Civil, 298 pessoas morreram no terremoto de terça-feira, sendo 160 na Cidade do México, 73 no estado de Morales e 45 em Puebla. Até quinta-feira, 115 pessoas haviam sido resgatadas com vida dos escombros de casas e edifícios.

(Com agência AFP)