Sem opções por parte de faculdade mais de 200 estudantes resolvem trancar cursos de medicina

Sem opções por parte de faculdade mais de 200 estudantes resolvem trancar cursos de medicina

Mais de 200 alunos e representantes do movimento Unidos por um Ideal de Educação Inteligente (UNIEI) se reuniram na manhã deste domingo (19), na sede da igreja Alagoinha, que fica localizada na Avenida Beira Rio, para expor o conteúdo discutido em reunião com a direção da Faculdade de Medicina e Enfermagem Nova Esperança (FACENE / FAMENE).  e deliberar encaminhamentos.

Após reunião, uma primeira deliberação feita foi que por decisão unanime, todos os alunos presentes irão trancar o curso caso não haja uma flexibilização ou uma adesão ao financiamento bancário por parte da FACENE / FAMENE.

Uma segunda deliberação feita é que continua em plena vigência a representação junto a Procuradoria Geral da República (PGR). Segundo a representante do movimento UNIEI, Nadja Palitot, vai haver audiência para que seja revisto valor da mensalidade, o motivo de não haver descontos, juros abusivos no atraso de algum pagamento e o fato de a faculdade ser a mais cara do Nordeste.

“Deliberamos também, que ficaremos vigilantes em relação a qualquer prejuízo que possa ser causado aos estudantes por conta de uma atitude autoritária e sem explicação da faculdade em não aderir financiamentos  bancários. Se não houver aceitação do financiamento, vai ser questionado judicialmente os direitos desses estudantes.” disse Nadja.

O Polêmica Paraíba entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da FACENE/FAMENE, mas até o fechamento dessa matéria, a faculdade não se posicionou sobre o caso. Continuamos aguardando nota oficial.

Polêmica Paraiba