Senadores sugerem parcerias para resolver epidemia de violência na Paraíba - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Senadores sugerem parcerias para resolver epidemia de violência na Paraíba

PARCERIA DE SENADORESApós reportagem do Fantástico, da TV Globo, ter apontado que João Pessoa está entre as dez cidades mais violentas do mundo. A redação do ClickPB entrou em contato com os três senadores do Paraíba, para saber o que precisa ser  feito para tentar diminuir a taxa de homicídios no estado que a Organização Mundial da Saúde classifica como “epidêmica”.Segundo os senadores Cícero Lucena (PSDB) e Vital do Rêgo (PMDB), a solução para resolver essa epidemia na Paraíba pode ser encontrada em parcerias com o Governo Federal, prefeituras municipais e a sociedade organizada, para realizar ações que contribuam na melhoria da segurança pública do estado.

Para Cícero Lucena, o governador Ricardo Coutinho (PSB) fez promessas exageradas em relação à segurança pública e procura transmitir uma visão irreal da situação da Paraíba. “O governador, que prometeu resolver em seis meses, finge que nada está acontecendo”, disse.

Cícero ainda ressaltou que, enquanto a violência avança, concursados da Polícia Civil aguardam desde 2008 suas nomeações, além do prometido concurso para a Polícia Militar com 5 mil vagas, mas que agora surge o edital com apenas 600.

“Tenha humildade, tenha o sentimento de se preocupar com aqueles que precisam de uma ação meramente, puramente de Estado. Integre-se a ações como as que estão sendo desenvolvidas em Campina Grande, por exemplo. Busque, de forma humilde, parceria com as prefeituras, com o Governo Federal e com a sociedade organizada”, finalizou Cícero.

O senador Vital do Rêgo disse que nos últimos anos, a Paraíba tem vivido “sob o signo do medo” ao ver crescer os índices de violência. E lembrou que outra cidade paraibana, Campina Grande, aparece em 25º no ranking mundial. “O quadro geral atinge contornos extremamente preocupantes. A situação atual afeta o direito de ir e vir, o bem-estar e a vida social dos paraibanos”, declarou.

Vital disse ainda, que o Governo do Estado, ao contrário do prometido na campanha, não instalou a polícia de fronteira e mantém a polícia militar com baixos salários e sem estrutura. Para o senador, o governo paraibano precisa investir mais em programas de parceria com o governo federal, em estrutura para a polícia militar e em medidas de estímulo para o envolvimento da comunidade com as questões de segurança pública.

A redação do ClickPB também entrou em contato com a assessoria do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), mas até o horário de fechamento da matéria, ele não se manifestou.

 

ClickPB