A global Paloma Bernardi serenidade para viver Maria, na Paixão de Cristo de Nova Jerusalém

A serenidade de Paloma para viver Maria

paloma1Depois de interpretar a mau-caráter Rosângela, na novela “Salve Jorge”, a global Paloma Bernardi vem absorvendo uma atmosfera repleta de serenidade para viver Maria, na Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, entre 28 de março e 4 de abril. Na manhã desta quinta (8), a atriz paulistana desembarcou no Recife para uma entrevista com a imprensa, antes de se dirigir para o local da montagem, onde gravará vídeos de divulgação até o próximo domingo. Ela revelou que, na segunda-feira (12) vai tentar curtir o Recife com a tia e os primos, que moram aqui.

Cheia de simpatia e disposição, Paloma falou sobre o privilégio de interpretar a mãe de Jesus, já que ela é católica praticante, e confessou que estava morrendo de saudades do Recife, cidade natal de sua mãe e onde ela passou boa parte da infância. “É uma realização profissional muito bacana, em um teatro ao ar livre com essa proporção. Viver Maria será um grande presente e estou me entregando de corpo e alma a esse momento. Cheguei a participar de algumas Paixões de Cristo, mas de forma amadora, na igreja. Minha mãe, que era do Balé Popular do Recife, fez o papel de Verônica em uma encenação local, com André Madureira”, afirmou a atriz.

A atriz tem raízes no Recife Foto: Alfeu Tavares / FolhaPE

De acordo com Paloma, a escolha por uma trajetória artística está ligada intimamente à influência de sua mãe e à herança cultural pernambucana. “Essa arte que bomba aqui, frequentemente e diariamente nesse Estado, acho que existe dentro de mim de alguma forma. Eu me sinto pernambucana. Eu chego aqui e começo a falar com sotaque. Falo ‘oxe’ o tempo todo”, brincou.

Nas férias da infância, a atriz costumava se dividir entre o Recife e Porto Alegre, cidade do seu pai. Nas lembranças: Boa Viagem, Casa Amarela, água de coco, tapioca, rede, os arrecifes, frevo, maracatu, o bumba meu boi. Sobre o processo de elaboração da personagem, Paloma disse que está lendo livros como “9 meses com Maria” e “O silêncio de Maria”, além de ver filmes que retratam a história de Jesus a partir da perspectiva de sua mãe, como “Maria – Mãe do Filho de Deus”, cujo papel foi vivido por Giovanna Antonelli. “Mas a parte mais importante do meu laboratório são minhas orações. É Maria quem tem que me inspirar, para além de livros e filmes”, confessou.

Paloma deve curtir a cidade na segunda-feira Foto: Alfeu Tavares / FolhaPE

Sobre os projetos para 2015, a paulistana adiantou que interpretará uma dançarina de pole dance na série “As Canalhas”, cuja 3ª temporada estreia em março, no GNT. Depois de ter conquistado o segundo lugar na “Dança dos Famosos”, quadro do “Domingão do Faustão”, ela tem outro projeto que envolve dança: no próximo mês, ela vai desfilar na Sapucaí, como destaque de chão da escola de samba Grande Rio. “Mas vou tentar dar uma escapada para o Carnaval do Recife, que sempre sonhei em conhecer!”, disse.