Servidores das secretarias de educação e saúde paralisam atividades aparti de segunda com indicativo de greve em Santa Rita - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Servidores das secretarias de educação e saúde paralisam atividades aparti de segunda com indicativo de greve em Santa Rita

20140129_120548As secretarias de educação e saúde de Santa Rita decidiram nesta quinta-feira (30), em assembleia na sede do sindicato dos funcionários públicos do município de Santa Rita – Sinfesa, após recebimento dos salários de Janeiro de 2014, em assembleia geral com as categorias aprovaram por unanimidade paralisar as atividades entre os dias 30 e 31, e a parti da segunda-feira se reúne em uma nova assembleia no sindicato com indicativo de greve no início no início do ano letivo no município.

De acordo com o presidente do sindicato José Farias disse que todos servidores de todas as categorias dos setores da prefeitura de Santa Rita, vem sendo prejudicados com reajustes e perdas salariais no ano de 2013, a direção do sindicato nas rodadas de negociações  representando os servidores com os gestores da prefeitura  alertou quanto a reposição desses salários atrasados com relação aos direitos dos servidores que não vem sendo respeitado desde que o prefeito Reginaldo Pereira assumiu a administração, pelos quais vem prorrogando e não cumprindo com as categorias e hoje os servidores decidiram paralisação por tempo indeterminado que só retornarão ao trabalho com os salários em dia, pontuo o sindicalista.

O sindicalista José Farias disse ainda que os servidores de apoio que fazem a educação de Santa Rita, não receberam o terço de férias como foi acordada com a gestão para pagar em 17 dezembro. Outra categoria que também sofre com a falta de pagamento são os agentes de vigilância ambiental da secretaria de saúde que  realisaram uma assembleia na quarta-feira (29), pelos quais ficou decidido com a categoria que no salário de janeiro seriam implantado  reajuste de salário com base no Plano de cargos carreira e remuneração (PCCR) que não aconteceu.

Já, a secretaria de educação do município realizou assembleia no dia de ontem (30), com o magistério e pessoal de apoio, onde foi debatido o reajuste do piso salarial dos professores, o terço de férias do e horário corrido instituído em 2002 na prefeitura de Santa Rita, dos quais foi deliberado pela categoria em assembleia um novo debate na terça-feira (3) com indicativo de greve em Santa Rita, que só pretendem iniciar o ano letivo com os salários em dia.

Os servidores aprovaram em assembleia que após confirmação dos salários de janeiro com base com de reajustes de salários conforme PCCR, reiterando nova assembleia na segunda (2) com os servidores da saúde e na terça (3)com o magistério e pessoal de apoio da educação de santa Rita com indicativo de greve geral paralisando todas atividades no município, disse o sindicalista José Farias.

Lamartine do Vale, do Paraíba Urgente