Servidores em assembleia aprovam proposta da prefeitura e retornam as atividades em Santa Rita

sinfesa aprovação da propostaOs servidores que compõe o magistério e pessoal de apoio da educação da prefeitura municipal de Santa Rita, em assembleia geral aprovaram na manhã desta quarta-feira (9),  o retorno das atividades após aprovação do reajuste salarial concedido em negociação em assembleia entre a prefeitura e aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito de Santa Rita Severino Alves o Netinho.

Os reajustes concedidos á categoria do magistério de 8,32% e ao pessoal de apoio de 6,78 %, já tiveram aprovação pela Câmara Municipal e sancionado pelo executivo Municipal, pelos quais foram concedidos também reajuste de piso salarial nos vencimentos de pessoal de apoio retroativo a janeiro de 2014, mudança de  nível ( Magistério e  apoio), 1/3 de férias para o pessoal de apoio das creches e escolas ( Referência 2012/2013), 1/3 devido  ao exercício de 2012, pagamento de adicional noturno de 25% aos vigilantes, equiparação salarial concedida a mudança entre profissionais de educação nível superior P1 e P2 retroativo a janeiro de 2014.sinfesa documento

 Na assembleia os servidores avaliaram também as propostas aprovadas pela Câmara Municipal em assembleia, pelos quais, 1/3 de férias relativo a 2011, 2012 e 2013, que ficaram acordados a realização de pagamento com o critério em ordem alfabética que a prefeitura iniciou os pagamentos nos contra cheques no mês de março e conforme tabela no mês subsequente, além de outros pontos que a categoria falta discutir com a prefeitura haja vista, que o prefeito Netinho veio ao sindicato e debateu com a categoria.

 O professor Lissandro que trabalha na zona rural destacou o processo de consciência da categoria daqueles que não participaram ativamente na discussão do sindicato pelos quais classificou como uma vitória principalmente o pessoal de apoio que abraçou a causa diferente de lutas passadas e revelou que o atual prefeito  “Fez sua obrigação nos respeitando diferente dos outros gestores que aqui passaram” ressaltou o 1/3 dos professores que não foi discutido e que daqui pra frente á luta só está começando, parabenizou a todos pela conquista da importância da união dos servidores de Santa Rita.

Lamartine do Vale, do Paraíba Urgente.