Os servidores municipais de Bayeux realizarão ameaçam entrar em greve nesta sexta-feira (9).

Servidores municipais de Bayeux denunciam caos e ameaçam greve nesta sexta-feira

EXPEDITO PEREIRA GREVEOs servidores municipais de Bayeux realizarão ameaçam entrar em greve nesta sexta-feira (9). A decisão acontece em Assembleia Geral a partir  das 9h, em frente à sede do Sindicato dos Trabalhadores Municipais .

De acordo com o presidente do Sintranb, Antônio Radical, no encontro,  a categoria discutirá a situação dos prestadores de serviço demitidos pelo prefeito Expedito Pereira no apagar das luzes de 2014 e  o atraso no pagamento dos salários de dezembro de todos os servidores.

“Em Assembleia Geral realizada em dezembro do ano passado, a categoria já prevendo a possibilidade de Expedito Pereira não pagar o mês de dezembro dentro do mês trabalhado, como acabou acontecendo, decidiu convocar uma nova Assembleia para esta sexta, 09/01, para discutir a situação e decidir, caso não ocorra o pagamento, dentro do prazo legal do 5º dia útil do mês seguinte, o indicativo de greve”, afirmou o presidente do SINTRAMB, Antonio Radical.

Ainda segundo Radical, a prefeitura vive uma profunda desorganização em vários setores da administração municipal. “Praticamente todos os PSF’s estão sem médicos porque estes profissionais também estão sem receber salários, o lixo toma conta da cidade inteira, o Restaurante Popular está fechado há dias deixando de atender a população carente da cidade. Ou seja, a cidade está um caos”, completou o líder sindical.

O SINTRAMB espera que o prefeito Expedito Pereira pague os salários de dezembro/2014 até esta quinta-feira, 08/01. Caso isso não ocorra, além da possibilidade da deflagração da greve, o Sindicato entrará com uma representação judicial contra o prefeito, por mais um descumprimento legal.

 

ClickPB