Os servidores públicos de Santa Rita continuam com suas atividades paralisadas

Servidores públicos de Santa Rita permanecem paralisados até realização pagamento dezembro de 2014 no município

IMG_20150106_150947721Os servidores públicos municipal de Santa Rita continuam com suas atividades paralisadas desde dezembro de 2014, em mais uma assembleia geral realizada nesta quinta-feira (8), para tanto, os servidores rejeitaram mais uma proposta enviada pela prefeitura municipal, através de ofício prolongando o prazo dos vencimentos dos servidores que foi negada pela categoria a unanimidade.

De acordo com o presidente do Sinfesa José Farias nos primeiros dias de 2015, já realiazamos quatro assembleia com os servidores para receber os seus vencimentos e a única solução foi paralisar as atividades para sensibilizar o gestor Reginaldo Pereira, que insisti dizer que a prefeitura não possui dinheiro e acusa o outro gestor, mas que desde o dia 20 de dezembro as receitas não pararam de ser recolhidas ao município, conclamou o sindicalista.

IMG_20150108_111736206Conforme ainda o sindicalista a prefeitura de Santa Rita enviou ofício com uma nova proposta para realizar o pagamento do complemento do décimo terceiro salário e pagamento do pessoal de apoio e o pagamento se estenderia até dia 13, a proposta não foi recusada, “más a categoria resolveu manter-se paralisada até o pagamento de dezembro” que não foi detalhado, mesmo com o pessoal de apoio pago e até o prazo de último quinto dia útil expirou e a paralisação é legal, e o gestor insistiu em dizer que não existe dinheiro, a direção do Sinfesa solicitou os extratos bancários e a prefeitura se omitiu em repassar ao sindicato, que a nossa solução é continuar paralisados, afirmou José Farias.

José Farias ressaltou ainda que a prefeitura através de ofício se comprometia a efetuar o pagamento de dezembro até terça-feira (13), e o secretário de comunicação veiculou na imprensa em programa de rádio hoje (12) e já estipulou outro prazo para pagamento da educação na sexta-feira (16), fora do que foi enviada ao sindicato em assembleia com os servidores, a categoria não confia na gestão que desde que assumiu a administração assina os compromissos e não cumpre, e a única solução que nos garanti é a paralisação das atividades e protestar pelas ruas da cidade e até a frente da prefeitura de Santa Rita exigindo nossos salários, declarou o sindicalista.

“O mês de dezembro está existindo toda essa problemática para pagar os servidores em janeiro, a categoria está apreensiva em relação o mês janeiro podendo comprometer até a chamada escolar que os secretários de escolas estão ameaçando a paralisar as atividades, pelos quais, convidamos os servidores para mais uma assembleia geral no sindicato nesta quarta-feira (14) ás 90hs, para debater e solucionar o pagamento da servidores públicos municipal que está em atraso”, frisou José Farias.

 

Lamartine do Vale, do Paraíba Urgente