Sindipetro parabeniza ALPB por lei que pune posto que adultera combustível - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Sindipetro parabeniza ALPB por lei que pune posto que adultera combustível

O Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (SINDIPETRO-PB) defende um mercado justo, competitivo e leal, razão pela qual enxerga com muito bons olhos a lei sancionada nesta quinta-feira, 20, pelo presidente da Assembléia Legislativa, deputado Ricardo Marcelo (PEN), que prevê multa aos estabelecimentos que porventura venham a adulterar combustíveis na Paraíba.
A entidade sempre apoiou a iniciativa desde a propositura do deputado Gervásio Maia (PMDB), uma vez que a adulteração é danosa para o mercado de combustíveis e para os cofres públicos, já que juntamente com a sonegação, estima-se que o prejuízo ao país é da ordem de R$ 1 bilhão.
O presidente do SINDIPETRO-PB, Omar Hamad Filho, observa que além dos prejuízos aos consumidores, posto que a adulteração de combustíveis é uma das maiores causas de problemas nos veículos, e dos danos aos cofres públicos, a prática é responsável pelo desequilíbrio no mercado. “Às vezes preferimos abastecer em um posto que vende mais barato o combustível, certamente não imaginando que o estabelecimento talvez esteja vendendo produtos adulterados, daí a necessidade de estarmos atentos”, completou.
Omar Hamad Filho acredita que o próximo passo é o trabalho de fiscalização, “a começar pelo trabalho pedagógico que será feito, separando quem não adultera de quem adultera”. “O Sindicato tem feito sua parte até aqui, conscientizando o revendedor e a própria sociedade. Muitas vezes pagamos um preço menor no combustível, mas não imaginamos os prejuízos futuros que amargaremos”, finalizou.

 

*Assessoria