Sousa: Tyrone lembra que caso no STJ já tem jurisprudência e Zenildo ratifica que gestor tem seu apoio

A coletiva do Prefeito Fábio Tyrone (PSB) ontem (30) para anunciar Agenda de Inaugurações de diversas obras, teve um espaço para o gestor esclarecer a sociedade sousense e paraibana que permanecerá ao lado do seu vice-prefeito Zenildo Oliveira, gerindo os rumos da cidade, até o fim do seu mandato. Tyrone lembrou que o processo ao qual responde no Superior Tribunal de Justiça (STJ) cabe recurso e já tem um caso semelhante que dá jurisprudência para permanecer no cargo.

Segundo Tyrone, já existe precedente no STJ sobre as pinturas de prédios públicos e inclusive envolvendo o ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo, que usou a letra “V” de seu nome em logomarcas da Prefeitura. Foi julgado improcedente pelos Tribunais Superiores. Não existe receio de afastamento do prefeito de Sousa, uma vez que os efeitos da decisão só ocorrem com o trânsito em julgado no STF, uma vez que trata-se de ação civil pública de improbidade administrativa, e não ação penal.

O acompanhamento dos recursos em Brasília está sendo promovido pela Advogada Gabriella Rolemberg em parceria com o Advogado Inaldo Leitão. Nesta ação não ficou demonstrado o dolo, o desvio de recursos públicos, o enriquecimento ilícito do prefeito ou de terceiros ou nota de improbidade administrativa.

Vice reforça parceria – Durante a coletiva Zenildo reforçou que se mantém aliado do grupo de Tyrone que trouxe de volta a esperança o povo sousense. “A minha relação com Tyrone é uma relação de valores. Ela foi construída na ótica dos valores. Pouca gente compreende isso, e pouca gente sabe quem são esses valores. Pouca gente sabe a trajetória, aquilo que plantamos na nossa vida, e como plantamos, e o que colhemos do fruto desta boa planta”, disse Zenildo, lembrando que fazer o bem as pessoas foi que lhe levou a ingressar na politica. “Isso é o que me faz ser politico, e vencer às vezes alguns pusilânimes, vencer os companheiros do próprio governo que não entendem isso, que ainda não apreenderam que esse governo tem uma dimensão muito maior que apenas sentar na cadeira e ter a vaidade de ser prefeito”.

De acordo com Zenildo, tudo que comentaram a seu respeito, ou quiseram lhe envolver sobre qualquer atitude moral contra seu Grupo Politico, “o prefeito está protegido. O prefeito terá o ombro amigo como teve nestes momentos que são dolorosos sim. Você se ver em um processo tão mesquinho que às vezes atrapalha seu alto astral. Isso é mais uma fortaleza, mais um obstáculo a ser vencido. Iremos vencer todos”.

PB Agora