STJD condena Grêmio a pagar R$ 30 mil por injúria racial contra Yony González

STJD condena Grêmio a pagar R$ 30 mil por injúria racial contra Yony González

Vídeo da FluTV flagrou ofensa contra Yony González (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Por quatro votos a um, o Grêmio foi condenado a pagar R$ 30 mil por injúria racial de uma torcedora contra o colombiano Yony González, do Fluminense, durante partida do Campeonato Brasileiro, disputada no dia 5, em Porto Alegre. A decisão foi tomada nesta sexta-feira pela 5ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Procuradoria e o clube podem recorrer da decisão.

Um dia após o jogo, válido pela terceira rodada do Brasileirão e vencido pelo time carioca, um vídeo foi divulgado pela FluTV, o canal no YouTube do time das Laranjeiras, no qual o termo “macaco” teria sido usado por uma torcedora não identificada para ofender o atleta.

A defesa gremista alegou que não havia prova cabal para a condenação e pediu o mesmo entendimento que no caso do Juventude em que o clube de Caxias do Sul foi multado em R$ 10 mil por ofensas a um jogador do Botafogo no Estádio Alfredo Jaconi, em duelo recente da Copa do Brasil.

O Fluminense se isentou de entrar no processo como parte interessada porque considerou não ter sido um ato da instituição mas uma ação individual da torcedora. Como tanto a Procuradoria quanto o Grêmio avaliam recorrer da decisão, o caso pode ser julgado novamente no Pleno.

Band