Suspeito de abusar sexualmente da ex-enteada é preso em João Pessoa, diz polícia

Suspeito de abusar sexualmente da ex-enteada é preso em João Pessoa, diz polícia

Um homem de 42 anos suspeito de abusar sexualmente da ex-enteada foi preso em João Pessoa, nesta quinta-feira (15). De acordo com a Polícia Civil, atualmente a vítima tem 15 anos, mas relatou que os abusos começaram pouco tempo depois do casamento entre o homem e a mãe dela, que aconteceu quando ela tinha cerca de 5 anos. A denúncia foi registrada em dezembro de 2018, em Santa Rita.

A delegada Paula Monalisa, da Delegacia Mulher do município de Santa Rita, na Região Metropolitana da capital paraibana, explicou que não chegou a ocorrer a conjunção carnal propriamente dita, mas que os abusos aconteciam de formas diferentes.

Segundo a delegada, a adolescente não soube informar a época exata em que começaram os abusos, mas Paula Monalisa pontuou que relatórios feitos por equipes do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREA) indicam sofrimento psicológico devido a essa situação.

A vítima contou à delegada que, inicialmente, não entendia o que estava acontecendo. Quando compreendeu que se tratava de um abuso, ficou receosa de denunciar pois não queria causar nenhum sofrimento à mãe, assim como porque o suspeito ajudava a sustentar a casa.

Ainda conforme Paula Monalisa, os abusos ocorriam enquanto a mãe da vítima estava fora de casa, trabalhando. A denúncia foi feita no fim de 2018, após a menina contar para a madrasta o que estava acontecendo. Depois de descobrir a situação, a mãe da adolescente e o suspeito se divorciaram.

O homem foi preso por um mandado de prisão expedido pela 5ª Vara da Comarca de Santa Rita, por decisão da juíza, tendo em vista o caso. Ele foi levado para a delegacia de Santa Rita. A delegada afirmou que ele deve passar por exame de corpo de delito e, na sexta-feira (16), por audiência de custódia.

G1PB