João Pessoa 13/12/2018

Início » Destaque » Suspeito que morreu ao fugir da PRF havia sido condenado a mais de 20 anos de prisão

Suspeito que morreu ao fugir da PRF havia sido condenado a mais de 20 anos de prisão

O suspeito que morreu no final da tarde de ontem (15) após capotar um veículo modelo Hilux de cor vermelha, que teria tomado durante assalto em João Pessoa, foi identificado pela polícia como sendo Jadson Rodrigues Machado. Consulta feita pela Polícia Civil da Paraíba aos sistemas do Tribunal de Justiça de Pernambuco constatou que o homem responde por diversos crimes, tendo sido condenado a mais de 20 anos de prisão, pelos crime de roubo majorado, receptação, estelionato e formação de quadrilha. Contra ele havia um Mandado de Prisão em aberto.

Jadson Rodrigues morreu no final da tarde de ontem após ser perseguido por policiais rodoviários federais. O suspeito passou com o veículo roubado em frente ao posto da PRF de Mata Redonda, na BR-101, km 107, quando recebeu ordem de parada dos policiais.

Ele não atendeu aos agentes e jogou o veículo em direção aos policiais, seguindo em alta velocidade em direção à Mata Redonda. A PRF fez o acompanhamento tático com o objetivo de abordar o veículo em fuga.

Na fuga o suspeito pegou a estadual PB 032, que vai para o município de Pedras de fogo. No km 6 da estadual o suspeito perdeu o controle do veiculo, saiu da pista e capotou, vindo a falecer ao volante.

O assalto ao veículo teria acontecido também na tarde de ontem. Segundo informações, o suspeito, juntamente com outro homem, teriam tomado a hilux. Mas apenas um homem estava no carro quando ele passou pelo posto da PRF de Mata Redonda, por volta das 17h.

O corpo de Bombeiros foi chamado ao local para retirar o corpo do suspeito das ferragens do veículo.

O veículo Hilux, recuperado na ocorrência, foi entregue aos cuidados do delegado da Polícia Civil, Paulo Martins, que após os trâmites legais fez a devolução do carro ao proprietário.

ParlamentoPB