Suspeitos de atropelar família em Areia e matar três pessoas são considerados foragidos

Suspeitos de atropelar família em Areia e matar três pessoas são considerados foragidos

Delegado Gilson já solicitou a prisão dos acusados – Foto: Márcio Rangel/Arapuan FM Campina Grande

Em entrevista aos jornalistas Márcio Rangel e Valderedo Borba, Teles explicou que o inquérito que apura o acidente está quase concluído, faltando apenas o resultado de algumas perícias. De acordo com o delegado, 18 pessoas foram ouvidas.

Uma menina de seis anos, atingida pelo veículo, teve morte cerebral confirmada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande na quinta-feira (26). Uma mulher de 33 anos e um menino de nove anos morreram na hora, outro adulto de 28 anos e mais uma criança de quatro anos chegaram a ser internados, a menina recebeu alta no dia seguinte, o homem passou por cirurgia.

Antônio José é o dono do carro que atropelou as vítimas, mas de acordo com testemunhas, estava no banco do passageiro no momento do acidente. A polícia investiga se os homens estavam com sintomas de embriaguez. A polícia entrou com uma representação pela prisão preventiva da dupla.

De acordo com relatos de testemunhas, o veículo descia uma ladeira conhecida como “Chã”. O motorista perdeu o controle do carro, invadiu uma calçada, colidiu no muro de três casas e atingiu as cinco vítimas que estavam indo para a igreja.

Redação com Márcio Rangel