Suspeitos de espancar jovem no Carnaval são ouvidos e liberados; vítima perdeu baço

Foram ouvidos e liberados pela Polícia Civil, na manhã dessa terça-feira (14), dois irmãos suspeitos de agressão e tentativa de homicídio contra um adolescente de 17 anos durante o desfile de um bloco de Carnaval, no dia 27 de fevereiro, no município de Cabedelo, na Grande João Pessoa. Durante interrogatório, os irmãos alegaram que não lembravam do crime por estarem muito bêbados no momento das agressões.

Os suspeitos, um com 30 anos e outro com 18 anos, foram qualificados por agressão e tentativa de homicídio, mas liberados porque, segundo o delegado que investiga o caso, Bruno Germano, estão contribuindo com a investigação e dispostos a pagar pelo erro.

“Os suspeitos foram identificados, reconhecidos por testemunhas e pela vítima e intimados a comparecerem para esclarecimentos. Eles alegaram que não lembram direito da situação porque estariam muito embriagados, o que notadamente é uma estratégia de defesa. Eles foram qualificados, mas como não estão foragidos, não atrapalham a investigação e estão dispostos a colaborar foram liberados já que, em tese, não cabem prisões preventiva ou temporária”, afirmou o delegado.

Portal Correio