Tarifa mínima: Deusdete diz que reajuste na conta de água será de R$ 1,95 para maioria dos paraibanos

queirogaO reajuste na tarifa da Cagepa não deve atingir o bolso da maioria dos consumidores paraibanos, explicou o presidente da empresa, Deusdete Queiroga nesta sexta (8). De acordo com Queiroga, a tarifa social permanecerá inalterada e 68% da população está dentro da tarifa mínima.

Além disso, o presidente destacou que a tarifa da Paraíba é menor que a do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas e mesmo com o reajuste continuará menor. O reajuste foi encaminhado para a Agência Reguladora da Paraíba (ARPB) para ser aprovado ou não.

“A tarifa social fica inalterada, as pessoas cadastradas irão continuar pagando R$ 10,65, já a tarifa mínima que fica em torno de R$ 22,00 sofrerá um aumento de R$ 1,95. Menos de dois reais”, explica.

Queiroga comentou que 68% dos usuários estão na tarifa mínima ou social e vão receber um aumento de R$ 1,95 ou nenhum. Ele ressaltou que também houve aumento no custo de obra, nos produtos químicos e despesas mensais. Ele justifica o aumento explicando que é preciso manter o equilíbrio e evitar que Cagepa se endivide.

Com informações da Rádio CBN João Pessoa.

Marília Domingues