Taxista é assassinado a tiros no meio da Rua na Capital; aposentado do Exercito é o principal acusado

taxista mortoO taxista  Gilberto Barbosa da Silva, 49 anos, que também  trabalhava como motorista de ônibus,  foi executado a tiros na manhã desta quarta-feira  (27) no conjunto Valentina de Figueiredo em João Pessoa.  O principal suspeito pelo crime é o  aposentado reformado do Exército Fernando Ribeiro, 71 anos,  que está foragido.

De acordo com a polícia o crime pode ter sido motivado pela construção de um muro entre as residências da vítima e do acusado. Por causa disso, o aposentado já tinha ameaçado o taxista de morte e no último dia 19 a esposa dele, Taciana Brandão compareceu a Delegacia do Valentina de Figueiredo e prestou queixa das ameaças.

Na manhã desta quarta-feira, o taxista saiu para resolver problemas particulares e quando caminhava pela Rua Antônio Cunha Filho foi surpreendido pelo aposentado que sacou de uma arma e desferiu vários tiros em Gilberto Barbosa que morreu no local.

Logo após o crime, aposentado fugiu e está sendo procurado pela polícia.

Paulo Cosme\Washington Luiz