Tensões aumentam na Cisjordânia após assassinato de jovem soldado israelense

Tensões aumentam na Cisjordânia após assassinato de jovem soldado israelense

Militares israelenses lançaram uma operação de buscas em um território da Cisjordânia após o assassinato de um jovem soldado das Forças de Defesa de Israel (IDF) nesta quinta-feira, ato qualificado como terrorismo pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

Dvir Sorek, adolescente de 19 anos, do colonato de Ofra, a norte de Jerusalém, era estudante em um seminário onde combinava o estudo religioso com o serviço militar, informou o SIC Notícias. Ele foi esfaqueado nesta manhã perto da cidade de Hebron, e acabou não resistindo aos ferimentos. Ao que tudo indica, as autoridades ainda não têm informações sobre um possível suspeito.

“O corpo de um soldado foi encontrado nas primeiras horas desta manhã com marcas de esfaqueamento. O soldado era estudante em uma Yeshiva, no primeiro estágio do seu serviço militar. Nossas tropas estão junto coma as forças de segurança israelenses buscando a área”, escreveu a IDF mais cedo.

​O cabo de 19 anos de idade Dvir Sorek foi esfaqueado e morto em um ataque terrorista no início da manhã, enquanto não estava armado nem fardado, perto da Yeshiva onde ele estava estudando. Que sua memória seja uma bênção.

Ao ser informado sobre a tragédia, o premiê israelense, Benjamin Netanyahu, prometeu retaliações contra supostos terroristas:

“Hoje, caiu um dos melhores dos nossos filhos, de uma família que já se sacrificou pesadamente pela Terra de Israel. Esses terroristas repreensíveis vêm para arrancar; nós viemos para plantar. Eles vêm para destruir; nós viemos construir. Vamos apreender aqueles que buscam nossas vidas e vamos aprofundar nossas raízes em todas as partes de nossa terra natal”, disse ele em visita ao assentamento de Beit-El, na região de Binyamin, na Cisjordânia.

O primeiro-ministro e ministro da Defesa, Benjamin Netanyahu, esta manhã em Beit-El: Nosso destino é estabelecer o povo judeu em sua terra e garantir nossa soberania em nossa pátria histórica. Sabemos que a Terra de Israel é adquirida através de tribulações.

Sputnik