Terminal Rodoviário de João Pessoa terá 180 ônibus extras - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Terminal Rodoviário de João Pessoa terá 180 ônibus extras

rodoviáriaFaltando cinco dias para o Réveillon, o Terminal Rodoviário Severino Camelo, em João Pessoa, já começou a registrar movimentação intensa. Ontem, o local contabilizou cerca de 7 mil embarques e outros 5 mil desembarques. A quantidade é 50% maior em relação à média de 8 mil registros desses tipos feitos em dias normais.

Para atender a demanda de ontem, a rodoviária precisou colocar 30 ônibus extras em circulação, aumentando a frota para 210 veículos. A previsão é que, até a próxima quarta-feira, cerca de 68 mil pessoas transitem pelo local. Ao todo, 180 coletivos ônibus extras serão usados.

Segundo o chefe de Operações do Terminal Rodoviário, Ariosvaldo de Lima, a expectativa é que a movimentação aumente ainda mais nas próximas segunda e terça-feira, quando o total de embarques e desembarques, em cada dia, será de 14 mil.

Já o dia com o menor fluxo de passageiros deverá ser na quarta-feira, dia 1º de janeiro. “Na terça-feira, deverão ocorrer 10 mil desembarques em João Pessoa”, disse Ariosvaldo.

Por conta do aumento na quantidade de pessoas circulando no terminal, o chefe Operacional recomenda alguns cuidados. “Os passageiros devem ficar atentos com suas bagagens, para evitar o extravio; comprar suas passagens com antecedência e chegar na rodoviária, pelo menos, 30 minutos antes da hora do embarque”, afirmou.

Outra atenção deve ser dada com a documentação de crianças. Os pais devem portar a Certidão de Nascimento dos filhos e apresentá-la junto com a carteira de identidade do adulto para provar que são os responsáveis pelas crianças.

Já em caso dos menores de idade estarem em poder dos parentes que não sejam seus pais, ainda será obrigatória a apresentação de uma autorização do Juizado da Infância e Adolescência. Essa autorização deve ser obtida antes da viagem, na Vara da Infância e Juventude, porque o posto de atendimento do Juizado que funcionava no Terminal está desativado.

“As crianças que não estiverem com a documentação exigida completa não poderão embarcar. Essas normas buscam garantir a segurança do próprio passageiro e evitar crimes, como sequestros”, destaca Ariosvaldo.

MAIS 50 VEÍCULOS EM CAMPINA

Para atender a demanda do público de Campina Grande, o Terminal Rodoviário Argemiro de Figueiredo vai disponibilizar 50 ônibus extras entres os dias 31 de dezembro e 2 de janeiro. A expectativa é que nesse período, mais de 7,7 mil embarquem e outras 8,8 mil pessoas desembarquem no terminal.

Conforme a previsão do setor de estatística da rodoviária, o dia de maior movimento deve ser 2 de janeiro, pós-feriado, quando cerca de 3 mil pessoas deixarão Campina Grande e outras 2,8 mil retornarão à cidade. Para o feriado, nos dias 31 e 1, a estimativa é que ocorram mais de 6 mil desembarques e cerca de 4,3 mil embarques.

De acordo com o funcionário do Terminal Rodoviário, Edmilson Gonçalves, nesse final de ano o destino mais procurado pelos campinenses é a capital do Estado, João Pessoa. Depois dela, a maior parte dos embarques deve ter como destino o interior paraibano, onde muitas pessoas que residem na cidade devem passar a virada do ano com familiares. Nesse caso, salientou Edmilson, as regiões mais procuradas são o Cariri e o Sertão da Paraíba. Os outros Estados brasileiros são apenas o terceiro destino mais procurado.

Na contramão das pessoas que estão deixando Campina Grande para encontrar seus familiares, a doméstica Francisca Hortência de Souza, 50 anos, se antecipou ao grande movimento característico dos últimos dias do ano e já chegou à cidade. Morando em São Paulo há 33 anos, há oito ela não conseguia visitar a mãe e os irmãos que continuaram na cidade. “Tenho muita vontade de voltar para cá, mas como não é possível fiz um sacrifício para vê-los e matar a saudade, já que faz oito anos que não os encontrava”, afirmou. (Déborah Souza)