Tite critica arbitragem e pede respeito a Messi:'Aceitar quando é vencido'

Tite critica arbitragem e pede respeito a Messi:’Aceitar quando é vencido’

A arbitragem foi tema importante da coletiva de Tite após a conquista da Copa América. O treinador criticou as decisões na partida contra o Peru, principalmente o pênalti marcado por mão de Thiago Silva.  “Problema no momento da expulsão (de Gabriel Jesus). Não falo isso com insatisfação. Foi um árbitro extremamente pressionado e descriterioso. Era notório.

Com as situações diferentes que acabam acontecendo, com um pênalti que não foi pênalti, e ela (equipe) passa por cima de tudo isso. Ela passou por cima da qualidade do Peru.

O Peru só perdeu para nós. E às vezes a gente pega e rotula a equipe por ranking da Fifa e não avalia o momento. Da solidez e da qualidade do trabalho do Gareca. O descritério da arbitragem foi notório”, analisou o treinador brasileiro.  Tite comentou ainda a polêmica declaração de Lionel Messi, que disse que a Copa América estava marcada para ficar com o Brasil.

O treinador pediu respeito ao argentino. “Nós fomos prejudicados em uma série de jogos, inclusive na Copa do Mundo. Então, muito cuidado. Estou respondendo diretamente. Estou respondendo pela grandeza que ele tem. Jogamos limpo contra a Argentina o tempo inteiro.

Quero entender isso como momento de… ele foi expulso de forma injusta. Não merecia. Quem merecia era Medel. Então, só um cuidado. Tivemos que passar pela arbitragem hoje também. Fizemos gol legal contra a Venezuela, todos colocaram assim. Hoje, não foi pênalti do Thiago. Mas passamos por cima. Calma, cuidado. Respeito”, pediu.

O Gol