Título do Belo provoca bate-boca na Assembleia Legislativa e na Câmara Municipal

botafogo 2O título do Botafogo da Paraíba (Campeão Brasileiro da Série D) provocou polêmica entre os parlamentares na manhã de hoje (5). Tanto na Assembleia Legislativa, quanto na Câmara Municipal o assunto repercutiu. A entrega do troféu do Campeonato Brasileiro pelo governador, Ricardo Coutinho, gerou revolta entre alguns parlamentares acusando-o de ser “oportunista”.O deputado Anísio Maia (PT), acusou o governador de ter caído de “paraquedas” no campeonato. E ainda afirmou, que Ricardo é o “torcedor oportunista número um” da Paraíba, e que só esteve presente no jogo para levantar a taça. “Quem menos ajudou, menos trabalhou, usa o futebol politicamente”, disse.

Anísio ainda enfatizou, que os investimentos para que o Belo disputasse a série D do Campeonato Brasileiro partiu da Prefeitura Municipal de João Pessoa e não do Governo do Estado. O parlamentar afirmou que mesmo com a falta de reconhecimento da diretoria do Botafogo, a prefeitura deverá continuar investindo no time.

O deputado Hervázio Bezerra (PSB), rebateu as declarações de Anísio dizendo que isso é um debate pequeno, “o importante é o título do Botafogo rumo à série C”.

Já na Câmara dos Vereadores, o vereador e líder do governo Bira (PT), chamou a atenção da população para relembrar que o prefeito Luciano Cartaxo, foi o responsável pela recuperação do programa João Pessoa de Todas as Torcidas, e que isso foi de fundamental importância para que o time pudesse competir no campeonato.

“O tratamento da diretoria diminui o Botafogo, mas tenho certeza que a torcida não concorda com isso”, finalizou Bira.

O Botafogo ontem marcou um almoço em homenagem ao prefeito Luciano Cartaxo, mas ninguém compareceu. . “Dar honra a quem tem honra”, destacou o vereador Helton Renê (PP), criticando a atitude da diretoria do Belo.