João Pessoa 10/12/2018

Início » Esporte » Tottenham vence ‘final’ contra Inter; Barça assegura liderança com Messi

Tottenham vence ‘final’ contra Inter; Barça assegura liderança com Messi

O Tottenham está vivo na Liga dos Campeões. Eriksen garantiu a vitória inglesa contra a Inter de Milão na “final” de Wembley, por 1 a 0. Já o Barcelona fez seu papel contra o PSV para assegurar a liderança, com Messi em destaque novamente.

Com 13 pontos, o Barça já não pode ser alcançado no topo do grupo B. O clube já havia entrado matematicamente classificado para as oitavas. Tottenham e Inter de Milão disputam a segunda vaga, empatados com sete pontos.

Vitória suada do Spurs

Uma verdadeira final para o time inglês, o duelo com a Inter teve mesmo cara de decisão. Um confronto bem disputado, quente, e com aquele sentido de urgência que só costumamos ver nestas situações.

O Tottenham foi melhor a maior parte do tempo e pecou nas finalizações. Quando acertou, Handanovic fez bem seu papel, com defesas seguras. Lucas Moura e Dele Alli foram responsáveis pelas melhores oportunidades, embora com alguma displicência na hora de definir as jogadas.

O gol acabaria por sair do banco. Eriksen entrou no lugar de Lamela no meio do segundo tempo e acabou por causar impacto. A jogada foi de Aurier, arrancando em diagonal da intermediária até a área e tocando para Alli. O meia foi inteligente, esperou a entrada de Eriksen e deu bela assistência para o dinamarquês completar para a rede.

Agora, o Tottenham joga outra final na próxima rodada, contra o Barcelona. A Inter, que poderia ter se classificado hoje, terá o PSV como adversário.

Messi sempre em outro nível

O outro jogo do grupo foi esvaziado por conta da classificação, com o Barça garantido por antecipação nas oitavas e o PSV já eliminado. Mas se engana quem pensa que se tratou de um jogo amistoso: foi um confronto para lá de disputado, em que a genialidade de Messi acabou por ser a diferença mais uma vez.

Messi já fazia das suas antes de abrir o placar, aos 16 do segundo tempo. O gol foi com sua qualidade habitual, parecendo tudo muito fácil, mesmo com três marcadores a seu redor na área na hora de finalizar com precisão para o 1 a 0.

O segundo gol foi de Piqué, mas o zagueiro deve muito a Messi. O argentino surpreendeu a todos com uma cobrança de falta da intermediária, com uma curva estranha para o centro, encontrando o zagueiro livre.

O PSV, que fez uma partida corajosa, ao menos conseguiu comemorar um gol. De Jong, de cabeça, marcou o gol holandês.

O Gol