João Pessoa 09/12/2018

Início » Paraíba » Tovar não descarta entrar na Justiça para reverter anulação de PEC e diz que decisão veio de RC

Tovar não descarta entrar na Justiça para reverter anulação de PEC e diz que decisão veio de RC

"Literalmente o governo, Ricardo Coutinho, mandou anular a PEC na Assembleia Legislativa", disparou o tucano

O deputado Tovar Correia Lima (PSDB) não descartou, nesta quarta-feira (28), entrar na Justiça após o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) Gervásio Maia anular a votação da PEC que instituía o fim da reeleição e eleição antecipada para Mesa Diretora da Casa de Epitácio Pessoa.  Conforme o parlamentar, a revogação da decisão do Parlamento foi a mando do governador Ricardo Coutinho (PSB).

“Depois de quatro anos, eu como deputado, vejo uma decisão dessa. Depois de votado nos dois turnos, com maioria esmagadora, o presidente encontra uma vírgula no lugar errado e anula aquela sessão. Foi uma decisão extremamente arbitrária”, afirmou Tovar.

Questionado se cogitaria entrar na Justiça para reverter o caso, Tovar foi direto: “Mas [é] claro”. Conforme o tucano, é bom que os paraibanos fiquem atento também as movimentações na Assembleia. “A aprovação da PEC foi somente para que a Assembleia não faça a eleição casada, aquele jeitinho, arrumadinho brasileiro, para fazer eleição do primeiro e segundo biênio num dia só. E também para que não haja reeleição para presidência da Casa”, explicou.

Para Tovar, o governo não se deu por satisfeito e mandou anular. “Literalmente o governo, Ricardo Coutinho, mandou anular a PEC na Assembleia Legislativa”, disparou.

Blog do Gordinho