Tucano diz que PSDB deve se unir a Cartaxo por “questão de coerência”

luis flávioO vereador de João Pessoa, Luís Flávio (PSDB), afirmou que, por questão de coerência, defende a aliança do seu partido com o prefeito Luciano Cartaxo (PSD). Apesar disso, o parlamentar não demonstrou resistência a uma composição com o PMDB, que tem como pré-candidato a prefeito da Capital, o deputado federal Manoel Júnior. Para ele, as discussões sobre a chapa proporcional serão fundamentais para a decisão do PSDB, já que o partido não terá candidatura própria.

“Por questão de coerência, a tendência é a gente seguir dentro do arco de aliança do PSD. Agora como não vamos lançar candidato na majoritária, a prioridade do partido é tentar a reeleição da bancada do PSDB e neste aspecto é preciso ver se o arco de alianças do PSD vai oferecer uma boa coligação também para o PSDB. É por isso que não posso descartar totalmente uma coligação com o PMDB que, inclusive, já se ofereceu para conversar neste sentido, e esses desdobramentos de Brasília nos últimos dez dias é possível que tenha reflexo nas cidades e nas capitais. Mas a tendência dos vereadores é a gente manter na base de apoio do prefeito. É o nosso desejo”, pontuou.
Luís Flávio destacou a força política do PSDB na cidade ao minimizar a insatisfação de algumas lideranças com uma possível união com o PSD.

“O prefeito tem hoje oito partidos, mas às vezes estes partidos criam uma resistência e eles têm uma certa razão em querer se preservar. Mas nessa hora é preciso ver o peso que o PSDB tem na cidade de João Pessoa, tempo de TV, eleitorado, tudo isso vai pesar na hora de se fazer estas coligações e às vezes elas são um pouco traumáticas, o fechamento delas”, declarou.
Por fim, ele apostou que os tucanos chegarão a um entendimento com o prefeito Luciano Cartaxo, mas deixou as portas abertas para uma união com Manoel Júnior.

“Acredito que o caminho também é conversar com outro agrupamento político, que no caso é o PMDB que já houve épocas mais difíceis, mas acredito que hoje esta possibilidade possa se concretizar caso a gente não encontre caminho fértil dentro deste campo. Eu acredito que a gente vai chegar a um bom termo com Luciano Cartaxo”, opinou.

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) afirmou que deverá se reunir com os vereadores e líderes do PSDB da Capital para dar seguimento às discussões sobre o processo eleitoral de outubro.