UFC 182: Jon Jones e Cormier voltam a se estranhar

jones e cormier ufcJon Jones e Daniel Cormier trocaram provocações durante a encarada em Las Vegas (UFC/Divulgação)

A temporada do UFC em 2015 será aberta neste sábado com um duelo cercado de grande rivalidade: o campeão dos meio-pesados Jon Jones irá enfrentar o também americano Daniel Cormier, no UFC 182, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Em agosto do ano passado, os dois trocaram socos em um evento promocional do evento e foram punidos pelo mau comportamento. Na noite desta quinta-feira, os dois estiveram frente a frente para um encontro com jornalistas no hotel e cassino MGM Grand, o palco da luta, e a temperatura voltou a subir. Ao posar para fotos na tradicional encarada, os dois trocaram ofensas e tiveram que ser separados pelo presidente do UFC, Dana White.

Antes do Media Day, Jon Jones havia provocado o rival dizendo que poderia socá-lo de novo diante dos jornalistas. No momento da encarada, o campeão dos meio-pesados não chegou a agredir Cormier, mas voltou a trocar ofensas e teve de ser separado por Dana White. O presidente do UFC contou aos jornalistas presentes qual foi a resposta de Cormier ao ser xingado: “Me toca uma vez só para ver o que vai acontecer.”

A impressionante briga entre Jones e Cormier no evento promocional de agosto foi um verdadeiro escândalo no UFC. Os dois tiveram que se explicar diante da Comissão Atlética de Nevada. Na audiência, Jones alegou ter sido prejudicado com o episódio, que teria culminado no fim de seu acordo com a sua principal patrocinadora, a Nike. O dono do cinturão foi condenado a cumprir quarenta horas de serviço comunitário e foi multado em 50.000 dólares. Cormier, por sua vez, recebeu metade da punição, pois, de acordo com a Comissão, não foi quem iniciou a briga. Nesta sexta-feira, acontece a pesagem do UFC 182. Abaixo, a encarada desta quinta-feira e a confusão de seis meses atrás.

Jon Jones x Cormier

UFC 182, 3 de janeiro de 2015, em Las Vegas, nos Estados Unidos

O astro Jon Jones, número 1 do ranking Peso por Peso do UFC, voltará ao octógono nove meses depois de defender o cinturão dos meio-pesados contra o brasileiro Glover Teixeira. Para este evento era esperada uma revanche de Jones contra Alexander Gustaffson, mas o sueco se lesionou. Invicto em suas 15 lutas no UFC, o americano Daniel Cormier finalmente conseguiu sua chance de disputar o título e promete destronar Jones, que defenderá seu cinturão pela oitava vez.