Um dia após a posse, secretária pede demissão em Bayeux

Seria cômico se não fosse trágica a situação em Bayeux. A instabilidade polítoca que foi a marca da gestão do prefeito afastado Berg Lima, continua na interinidade do governo Luiz Antônio (PSDB).

Empossada há pouco mais de 24h, a secretária de administração, Erenice Cunha Dantas. O prefeito nomeou o contador, Carlos Cézar, filho do ex-prefeito do município, Pedro Juvêncio, atual adjunto.

Segundo informações reveladas ao Blog do Anderson Soares, Erenice não suportou as ordens dadas pelo Staff do prefeito interino. De acordo com fontes, a secretária teria dito que não foi nomeada para ser “mandada”.

Anderson Soares