Um dos principais astros do UFC, McGregor cria polêmica sobre aposentadoria

McGregor não luta desde outubro de 2018, quando foi derrotado

Um dos principais astros do UFC, Connor McGregor anunciou que vai se aposentar do MMA. Mas diversos fatores levantam dúvidas sobre isso. E apesar da polêmica, o presidente do UFC, Dana White, acredita que o irlandês está falando a verdade.

McGregor fez o anúncio de forma repentina no Twitter: “ei caras, rápido anúncio, eu decidi me aposentar do esporte que já foi conhecido como “Arte Marcial Mista” hoje. Desejo tudo de bom daqui para frente na competição aos meus ex-colegas. Vou agora me juntar aos meus ex-sócios neste empreendimento na aposentadoria. Piña Coladas da Proper por minha conta, amigos!”.

Proper é a marca de bebidas que pertence a McGregor. Isso gerou dúvidas em alguns fãs, pois pode se tratar de uma jogada de marketing. Além disso, o atleta já anunciou aposentadoria em 2016 e voltou a lutar pouco tempo depois.

Dana White disse que acredita no anúncio de McGregor, mas também citou a marca de bebidas do lutador: “se eu fosse ele, me aposentaria também. Ele está deixando as lutas, não o trabalho. A marca de whisky dele o manterá ocupado. E tenho certeza que ele fará outras coisas. Sempre foi muito divertido ver Conor lutar. Ele conquistou coisas incríveis neste esporte. Estou muito feliz por ele e ansioso por vê-lo ser tão bem sucedido fora do esporte quanto foi dentro dele”.

McGregor não luta desde outubro de 2018, quando foi derrotado por Khabib Nurmagomedov e perdeu o cinturão dos pesos leves do UFC. Recentemente ele mostrou disposição para lutar em diversos eventos, inclusive no UFC Rio, em 11 de maio. Mas a presença dele não foi agendada.

Jovem Pan