Uma a cada três mulheres com câncer tem tumor de mama1 - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Uma a cada três mulheres com câncer tem tumor de mama1

Cancer de Mama umLevantamento realizado pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, ligado à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP, na capital paulista, aponta que 52% dos pacientes do Icesp são do sexo feminino. Dessas mulheres, 28% (quase uma a cada três) têm diagnóstico de câncer de mama e quase 22% apresentam tumores em órgãos digestivos.

SAIBA MAIS SOBRE O CÂNCER

  • Arte UOL

A neoplasia da mama continua sendo a principal vilã dentro e fora do instituto. No Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), ela corresponde a 22% dos novos casos de tumores por ano. No Icesp, o grupo de Mastologia realiza mais de 1,2 mil atendimentos por mês, entre consultas médicas e cirurgias.

Os cânceres do aparelho digestivo representam juntos uma grande fração dos tumores humanos. São exemplos de neoplasias apresentadas nessa região: o câncer de esôfago, de estômago, de fígado e o colorretal (cólon e reto), este o último apontado entre os cinco mais comuns entre as mulheres.

Ampliar

Especialistas esclarecem mitos e verdades sobre o câncer de mama17 fotos

12 / 17

Quem já teve câncer de mama uma vez nunca mais terá a doença. MITO – É comum as pessoas acreditarem que quem teve câncer uma vez nunca mais terá a doença na vida. Infelizmente, isso não é verdade. “Sempre existe uma chance de ter um novo câncer de mama ou ainda um câncer em outro órgão”, explica Sérgio Masili, mastologista do Instituto do Câncer de São Paulo e da Clínica Ginecológica da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) Leia mais Arte UOL/Thinkstock

“Quando a prevenção primária não é possível, o diagnóstico precoce é fundamental na busca pela cura e por uma boa qualidade de vida”, destaca o oncologista e diretor geral do Icesp, Paulo Hoff.

No intuito de obter esse diagnóstico precoce, medidas simples devem ser adotadas após a primeira relação sexual. Incluir na agenda o hábito de realizar uma visita anual ao ginecologista, garante a realização de consultas e exames que serão essenciais para a prevenção e/ou diagnóstico de diversos tipos de câncer.

São exames de rotina fundamentais: o papanicolau, usado para detectar a neoplasia de colo de útero, além de identificar lesões que antecedem o tumor, permitindo o tratamento antes que a doença se desenvolva; a mamografia, capaz de mostrar lesões mamárias, recomendada para pacientes com mais de 50 anos ou a critério médico, dependendo dos fatores de risco.

Ampliar

Conheça mitos e verdades sobre o câncer20 fotos

10 / 20

Anticoncepcional pode causar câncer de mama. AINDA EM ESTUDO: infelizmente ainda não se tem resposta se pode ou não ser fator de risco para câncer de mama. Os anticoncepcionais têm sofrido muita modificação, dosagens menores, associações diferentes e ainda não há resultados do seu efeito após todas estas mudanças. O ideal é sempre conversar com o médico para que todos os prós e contras sejam esclarecidosLeia mais Thinkstock
Uol – Saúde