Universidades públicas têm melhor desempenho que particulares no Exame da OAB - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Universidades públicas têm melhor desempenho que particulares no Exame da OAB

brasil-direito-Exame-da-OAB-civil-trabalho-penal-20130905-12-size-598Tendência é observada em todos os estados nas áreas de direito administrativo, civil, constitucional, empresarial, penal, tributário e do trabalho (Thinkstock)

Dados obtidos com exclusividade por VEJA apontam que as universidades privadas apresentam um desempenho superior ao de instituições privadas de ensino superior nas diferentes áreas jurídicas contempladas no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).  Com raras exceções, o predomínio é observado em todos os estados nas áreas de direito administrativo, civil, constitucional, empresarial, penal, tributário e do trabalho.

Confira o raio-x da prova:
10ª EDIÇÃO DO EXAME DA OAB: APROVAÇÃO POR ESTADOS, ÁREAS JURÍDICAS E INSTITUIÇÕES DE ENSINO

“Geralmente os alunos das universidades públicas têm uma melhor preparação no ensino fundamental, porque as universidades públicas têm vestibulares mais concorridos”, diz Marcus Vinícius Coelho, presidente da OAB. “Além disso, apesar de termos universidades particulares de nível no país, há um número expressivo de particulares que se interessam apenas pelo lucro.”

Leia mais:
Aprovação na décima edição do Exame da OAB cresce

Na décima edição do Exame da OAB, o Distrito Federal, por exemplo, apresentou uma diferença significativa entre as médias de universidades públicas e privadas na área de direito administrativo: 6,36, contra 3,75. Em direito constitucional, o Rio Grande do Sul também mostrou resultados bem distintos, com média de 7,01 para as públicas ante 4,54 das instituições privadas.

 Veja