Uruguai e Argentina empatam sem gols e estacionam na tabela

Suárez e Messi promoveram a candidatura conjunta de Uruguai e Argentina para sediarem a Copa de 2030

Suárez e Messi promoveram a candidatura conjunta de Uruguai e Argentina para sediarem a Copa de 2030 (Foto: Carlos Pazos/Reuters)

Uruguai e Argentina fizeram nesta quinta-feira o clássico rio-platense no estádio Centenário em Montevidéu pelas Eliminatórias da Copa 2018 valendo as primeiras posições na tabela. Os argentinos foram melhores durante todo o jogo, mas não conseguiram furar a defesa celeste e o jogo ficou no empate sem gols.

Antes da bola rolar, Messi e Suárez, principais jogadores de Argentina e Uruguai, e colegas de Barcelona, posaram juntos pela campanha conjunta dos países em abrigar a Copa do Mundo de 2030, quando o Mundial celebrará 100 anos de disputa.

Nas arquibancadas, as torcidas dos dois países faziam muita festa, mas o barulho dos uruguaios, em muito maior número, era demais. Com a bola rolando a partida começou muito movimentada, com as duas equipes buscando o gol.

Messi era o motor da Argentina, se movimentava muito e a bola sempre passava por seus pés, mas na frente, Icardi, que voltou a ser convocado no lugar de Higuain, não fazia boa partida, por isso o camisa 10 tinha que buscar em Di María alguém para tabelar.

Aos 31 minutos, Suárez quase fez um golaço, o atacante que chegou a ser dúvida para o confronto por estar se recuperando de lesão, tentou um chute de quase do meio campo ao observar o goleiro Romero adiantado, mas a bola foi para fora, só assustando os argentinos.

Apesar das chances criadas pelas duas seleções, o placar não foi alterado no primeiro tempo. Logo no início da etapa final o jogo mostrou a cara de clássico. No primeiro minuto González fez dura falta em Messi e quase começou uma confusão. O árbitro segurou a pressão e deu só um amarelo para o uruguaio.

Messi era o melhor em campo, buscando jogo a todo momento. Aos 12 minutos ele quase abriu o placar em cobrança de falta que passou muito perto do gol de Muslera. A Argentina trocava passes com facilidade e envolvia o Uruguai, que se segurava como podia na defesa.

Aos 37 minutos Suárez não aguentou mais as dores no joelho direito e foi substituído. O atacante foi muito aplaudido pela torcida presente que teve que se contentar com um 0 a 0 no placar. Com o resultado, as seleções seguem na terceira e quinta posições na tabela, com 24 e 23 pontos e viram o Paraguai surpreender o Chile e se aproximar com 21 pontos, deixando a disputa para as últimas três rodadas totalmente aberta.

Band