Valdivia está de novo na mira de um clube árabe, mas desta vez a investida

Valdivia não se interessa por oferta árabe, e Nobre quer aposentadoria no Verdão

ValdiviaValdivia está de novo na mira de um clube árabe, mas desta vez a investida não empolgou o jogador. Um intermediário apresentou a oferta ao meia chileno, mas os moldes que foram propostos não o agradaram – o nome da equipe não foi divulgado. No fim de 2014, ele já havia dado de ombros para uma sondagem do Colo-Colo, time chileno que o revelou e do qual é torcedor.

Como já tem 31 anos e seu contrato vai só até agosto, o Mago está disposto a ouvir qualquer clube que se mostre interessado, mas dificilmente vai topar abrir negociação com um intermediário que não seja de sua extrema confiança. A proposta árabe, desta vez, foi apresentada por um empresário que ele não conhecia anteriormente.

A ideia do chileno continua sendo renovar com o Palmeiras. Já houve conversas com a diretoria e as duas partes manifestam publicamente o desejo de ampliar o compromisso, mas a discussão deve esquentar só a partir de fevereiro, quando o foco do clube não estará mais na busca por reforços. O jogador já se mostrou disposto a reduzir o salário, que hoje está próximo dos R$ 500 mil e é considerado fora da realidade. O Verdão vai oferecer um vínculo por produtividade, como acontece com todos os reforços contratados.

– O Valdivia motivado é um dos melhores do Brasil. Desmotivado, é um problema. Ele foi um exemplo. Falei para ele que esse Valdivia eu quero que encerre a carreira no Palmeiras – disse o presidente Paulo Nobre, ao canal Fox Sports.

No ano passado, antes mesmo de discutir detalhes financeiros, Valdivia avisou à diretoria que gostaria de ter companheiros melhores ao lado. O camisa 10 estava incomodado por ser praticamente a única peça de qualidade do Verdão. Na reta final do Campeonato Brasileiro, a diretoria pediu que ele não fosse defender a seleção chilena em amistosos, o que incomodou o armador – ele disputou um amistoso e voltou machucado.

A lesão na coxa esquerda incomoda. Valdivia será desfalque no amistoso de sábado, contra o Shandong (CHN) e não tem previsão de retorno. Ontem, correu no gramado.

Lancenet