Valor do bitcoin dispara após declaração do presidente chinês Xi Jinping

O mercado de criptomoedas voltou para pauta mundial nesta semana, tudo devido ao anúncio do presidente chinês Xi Jinping a respeito de blockchain.

As cotações da principal moeda digital – o bitcoin – aumentaram mais de 40%, depois de o presidente chinês destacar a importância da tecnologia “blockchain” e anunciar que o gigante asiático deve avançar no desenvolvimento da esfera em questão.

“Deveríamos ver o blockchain como um avanço importante das inovações independentes no âmbito tecnológico. Deveríamos determinar a principal direção do seu desenvolvimento, aumentar o investimento e focar a nossa atenção nas tecnologias mais importantes, acelerando o desenvolvimento do blockchain e inovações industriais”, declarou o presidente chinês.

Levando em consideração que o governo chinês proibiu o uso de criptomoedas em 2017, o discurso do mandatário da China pegou muita gente de surpresa. Depois das declarações do presidente Xi, o valor da criptomoeda mais conhecida do mundo superou logo os US$ 10 mil, recuperando a desvalorização sofrida dias antes.

A favor do blockchain, mas contra criptomoedas

A China proíbe uso de criptomoedas, mas recebe de braços abertos as oportunidades oferecidas pela tecnologia blockchain, investindo ativamente no seu desenvolvimento, relata Bloomberg.

Por isso é importante ter em conta que o governo chinês estabelece claramente a diferença entre a tecnologia que torna possível produção de moedas digitais e as próprias criptomoedas.

Qual é a razão do crescimento?

O rápido crescimento das criptomoedas está relacionado à entrada de grandes jogadores no mercado não deve ser excluído. Muitos investidores institucionais manifestaram repetidamente planos de investimento nas moedas digitais, particularmente no bitcoin que continuará sendo a principal criptomoeda do mercado.

Sputnik