Vasco aproveita São Paulo com um a menos e vence para se afastar do Z4 - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Vasco aproveita São Paulo com um a menos e vence para se afastar do Z4

Aproveitando o São Paulo com um a menos desde o primeiro tempo, o Vasco conseguiu a vitória, em São Januário. Talles e Fellipe Bastos garantiram a vitória vascaína por 2 a 0.  O resultado é importante para o Cruz-Maltino se afastar do Z4, abrindo sete pontos para a Chapecoense, primeiro time do grupo. Já o Tricolor teve sequência positiva interrompida e pode ver os líderes mais distantes.

Expulsão de Raniel complica jogo são-paulino O Vasco entrou para o jogo com a intensidade de uma decisão. Ligados na partida, os jogadores com a cruz de malta no peito pressionaram o adversário.  Em um primeiro momento, o São Paulo sentiu a intensidade do rival. Com marcação forte, e alta, os cariocas foram ganhando terreno. Com a velocidade de Marrony e Talles, levavam perigo.

Talles, pela canhota, foi o primeiro a assustar. Depois Marrony, pegando na direita, mas levando para o meio, tentou também. Mesmo pressionada, a defesa tricolor resistiu.  Aos 35, porém, houve um agravante: Raniel entrou com o pé alto em cima de Marrony e Daronco, após olhar o lance no vídeo, optou por expulsar o atacante são-paulino.

Decisão polêmica, e talvez exagerada do apitador.  Os donos da casa se adiantaram, mas, curiosamente, os tricolores conseguiram o único chute no primeiro tempo com um a menos. Everton quase marcou em chute no canto, mas Fernando Miguel fez a defesa.  Do outro lado, Talles seguiu como grande destaque. .O menino, já nos acréscimos, conseguiu um belíssimo domínio de bola na área antes de mandar arremate perigoso.

Vasco pressiona e marca Luxemburgo voltou do intervalo com Rossi na vaga de Andrey. O Vasco foi para cima, e a bola parada fez a diferença: Danilo Barcelos cobrou escanteio e Talles bateu forte na área para marcar. Depois do gol, o Vasco tentou quebrar o ritmo da partida. Passou a tocar mais a bola para cansar um rival com um a menos.

O São Paulo tentava se recuperar e, nos minutos finais, teve de se adiantar.  O Cruz-Maltino, então, passou a ter chances em contra-ataques. Rossi teve ótima oportunidade ao receber de Fellipe Bastos em profundidade, mas demorou a chutar e parou em Volpi.  O goleiro voltou a trabalhar em forte chute de Talles, e os paulistanos não aguentaram muito tempo. Danilo Barcelos mandou mais um cruzamento na medida e Fellipe Bastos matou o jogo.

O Gol