Vasco estreia na Série B com goleada sobre o Sampaio Corrêa por 4 a 0.

vasco goleiaRiascos e Nenê, os destaques da goleada vascaína

Riascos e a torcida do Vasco vivem uma lua de mel, mas o casamento que começou a ser feliz nesta temporada pode estar perto de um final. Um dos destaques da goleada do time de Jorginho sobre o Sampaio Corrêa por 4 a 0, no Castelão, em São Luís, na estreia da equipe na Série B do Campeonato Brasileiro, o atacante colombiano pode ter feito a sua última partida pelo clube carioca. O seu empréstimo junto ao Cruzeiro termina neste domingo e ainda não há uma definição sobre a renovação do acordo.

— Estou mostrando potencial aqui no Vasco. Estou feliz. Tenho que trabalhar. Ainda não há resposta se vou ficar ou não — disse o atacante.

Além de Riascos, quem também brilhou na partida foi Nenê, autor de três gols. Ele mostrou bom entrosamento com o colombiano e torce por sua permanência.

– Riascos está sendo muito importante para a gente. Vamos ficar muito felizes se ele continuar – disse Nenê, que pela primeira vez marcou três gols em uma mesma partida no Vasco.

Uma despedida, porém, foi certa. O volante Arlindo Maracanã, de 37 anos, fez seu último jogo na carreira diante de sua torcida e contra o Vasco, seu ex-clube e que descreveu como sendo o maior time do Brasil no momento.

– Passa um filme na cabeça, desde que comecei no Sampaio até agora. Muitos jogadores e treinadores passaram na minha vida. Muito especial para mim. Chega a hora que não dá mais. Tem que parar. Infelizmente o resultado não é o esperado. O Vasco, para mim, é o melhor time do Brasil.

Se o Vasco é o melhor time, é uma discussão para analistas e torcedores. Mas em campo o time se impôs como equipe grande e favorita ao título da Série B. Do outro lado, encontrou um Sampaio Corrêa que cometia erros primários na defesa e mostrava que o técnico Petkovic, ídolo de Vasco e Flamengo quando jogador, terá trabalho para acertar a equipe e fazer uma boa campanha na segunda divisão.

PUBLICIDADE

Mais do que vencer, o Vasco mostrou consistência ofensiva e soube aproveitar os espaços deixados pelo fraco sistema defensivo da equipe maranhense. Na defesa, porém, o time deu alguns sustos no torcedor. Mas a segurança do goleiro Martín Silva garantiu que a equipe não fosse vazado nas poucas chances cedidas ao Sampaio Corrêa.

O primeiro gol do Vasco saiu aos 13 minutos do primeiro tempo. Nenê cruzou da direita e achou Riascos na área. Diante de uma defesa indecisa do Sampaio Corrêa, o colombiano completou de peixinho para abrir o placar. Aos 24, a tabelinha Riascos-Nenê voltou a funcionar. Dessa vez foi o atacante quem passou para o meia, que invadiu a área e tocou com categoria por cima do goleiro Rafael para fazer o segundo.

Com o resultado garantido, o Vasco se fechou mais na etapa final para buscar um contra-ataque que o fizesse ampliar o placar. Foi quando o Sampaio Corrêa teve mais espaço para atacar e criar chances, mas Martín Silva teve pouco trabalho.

Mas o objetivo do Vasco foi conquistado. Aos 17, o time chegou ao terceiro gol. Júlio César iniciou a jogada e encontrou Andrezinho na área. O meia cruzou rasteiro, a bola passou por Riascos, mas não por Nenê, que fez o segundo gol dele.

Aos 35, veio o quarto em mais uma jogada envolvendo Nenê e Riascos. O colombiano avançou, invadiu a área e tentou tocar por cobertura de Rafael. O goleiro espalmou e a bola sobrou para Nenê, que fez o seu terceiro gol na partida, fechando a goleada vascaína.

SAMPAIO CORRÊA 0 X 4 VASCO

Estádio: Castelão, em São Luis (MA)

Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE), auxiliado por Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Vaneide Vieira de Gois (SE)

Cartões amarelos: Léo Rodrigues (SAM) e Yago Pikachu, Nenê (VAS)

PUBLICIDADE

Gols: Riascos 13’/1ºT (0-1), Nenê 24’/1ºT (0-2), Nenê 17’/2ºT (0-3) e Nenê 35’/2ºT (0-4)

Sampaio Corrêa: Rafael, Léo Rodrigues, Mimica (Eli Sabiá), Luiz Otávio e Guilherme Santos; Diego Lorenzi, Arlindo Maracanã (Carlos Alberto), Daniel Barros e Pedrinho; Edgar e Pimentinha (Daniel Amora). Técnico: Petkovic.

Vasco: Martin Silva, Madson, Jomar (Rafael Vaz), Rodrigo (Aislan) e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Yago Pikachu), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos. Técnico: Jorginho.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/esportes/vasco-estreia-na-serie-com-goleada-sobre-sampaio-correa-por-4-0-19308717#ixzz48gNPedwh
© 1996 – 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.