Vaticano: 1ª reunião de cardeais para preparar Conclave será em 4 de março - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Vaticano: 1ª reunião de cardeais para preparar Conclave será em 4 de março

1362141310740-trentoA primeira reunião preparatória para o Conclave de cardeais, assembleia responsável por escolher um novo Papa após a renúncia de Bento XVI, acontecerá na próxima segunda-feira, confirmaram fontes do Vaticano.

O decano do colégio de cardeais, Angelo Sodano, já enviou cartas a todos os cardeais, tanto eleitores (com menos de 80 anos) como não eleitores. Ele pede o comparecimento na segunda-feira a partir das 8h30 GMT (5h30 de Brasília), para a primeira das reuniões, conhecidas como congregações gerais.

O encontro acontecerá na Ala Nova do Sínodo, onde o Vaticano organizar sínodos (assembleias de autoridades eclesiásticas) e conferências.

A partir de segunda-feira acontecerão várias congregações gerais, nas quais serão discutidos os problemas da igreja e que servirão para definir o perfil do futuro Papa.

Alguns temas que devem ser abordados são a reforma da cúria romana (o governo da Igreja) e a investigação interna sobre o caso Vatileaks (vazamento de documentos confidenciais do Vaticano), assim como os escândalos e polêmicas dos últimos anos.

Na lista figuram o ato de acobertar a pedofilia, a corrupção, a secularização em muitas regiões, a influência de outras religiões e os problemas morais relacionados com a família.

O Conclave pode começar na semana de 11 de março com o objetivo de ter um novo Papa para a Páscoa, a festa mais importante do calendário católico.

Entre os nomes apontados como favoritos para suceder Bento XVI estão o italiano Angelo Scola, o canadense Marc Ouellet, o austríaco Christoph Schönborn, o húngaro Peter Erdö, o brasileiro Odilo Scherer, o ganense Peter Turkson e o filipino Luis Antonio Tagle.

Despedida
Encerrando o ciclo de despedida anunciado no último dia 11, Joseph Ratzinger deixou o Vaticano na tarde dessa quinta-feira e dirigiu-se a Castel Gandolfo, onde agradeceu aos fiéis em sua última aparição pública na condição de Papa.

Bento XVI embarcou em um helicóptero pouco após as 17h (13h de Brasília) e chegou cerca de 20 minutos depois em Castel Gandolfo, onde viverá durante a realização do Conclave. Já na pequena cidade italiana, ele falou rapidamente para uma multidão aglomerada em frente à sua nova residência e despediu-se dos fiéis, encerrando seu ciclo à frente da Igreja Católica, uma das maiores religiões monoteístas do mundo.

Terra