financas

Venda de atletas ajuda SPFC a equilibrar finanças

O São Paulo contava com a venda de no mínimo R$ 60 milhões em jogadores nesta temporada para ajudar a equilibrar as suas finanças. E nesta terça-feira o clube pode receber aproximadamente R$ 64 milhões pelas negociações de David Neres (fechada, só falta a assinatura) e Lyanco (está bem encaminhada).

O atacante vai jogar no Ajax em uma negociação de R$ 50,2 milhões por 80% de seus direitos. Pesou o fato de o atleta pedir para sair para o futebol europeu. Na Holanda, caso chame a atenção de clubes maiores na Europa, o São Paulo ainda terá direito a 20% da transferência além da porcentagem por ser o clube formador do rapaz de 19 anos.

Divida do São Paulo com Pinotti sai de R$ 13 para R$ 20 mi

Já o zagueiro Lyanco está sendo negociado com a Juventus, da Itália, que inicialmente ofereceu R$ 16,7 milhões, mas o São Paulo pediu R$ 20 milhões. Como tem apenas 70% dos direitos do defensor, o clube brasileiro ficaria com R$ 14 milhões na transferência. Quem também tem proposta, mas deve ficar, é o atacante Luiz Araújo. O Lille, da França, ofereceu R$ 21,6 milhões.

Com dinheiro em caixa, o São Paulo pode usar o montante para pagar algumas dívidas ou para finalizar algumas contratações. A que está mais perto de ser concretizada é a do volante Jucilei, um pedido do técnico Rogério Ceni. O clube vem mantendo conversas com o Shandong Luneng para ficar com o atleta por empréstimo até o final do ano.

Já Hernanes, ex-jogador do clube e em baixa na Juventus, também é outro que interessa, mas a negociação com a Juventus é mais complicada – e não envolve a transferência de Lyanco. O jogador pensa em recuperar seu futebol no Brasil e o São Paulo já abriu as portas para ele, mas o time italiano ainda não demonstrou interesse em liberá-lo.

Quem também sonha em pegar parte do dinheiro é o atacante Wellington Nem, que está emprestado pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, até o final do ano. “Se o São Paulo quiser vender um deles e me comprar, eu fico feliz”, afirmou o atacante, sobre as sondagens nos jogadores do clube.

Band