Vereador admite dois “blocões” de oposição: juntos, mas não misturados

vereador-benilton-lucena-pt-300x225O vereador pessoense Benílton Lucena (PT) admite a possibilidade de existência e a convivência de dois “blocões”, num total de seis partidos, que irão se concretizar cada vez mais na oposição ao governo do estado, visando as eleições do próximo ano. O primeiro “blocão”, da qual o seu partido faz parte, ainda é composto pelo Partido Progressista (PP) e pelo Partido Social Cristão (PSC).

Já o segundo “blocão” tem o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), o Partido Ecológico Nacional (PEN) e o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Benilton garante que o Partido dos Trabalhadores se comportará nas eleições de 2014 dentro do primeiro “blocão”, mas ele torce pela unificação desses partidos com o segundo “blocão” dentro de um projeto que possa apresentar candidaturas ao governo do estado e ao Senado Federal.

“Há todo um trabalho nesse sentido, bem como a possibilidade de termos dois blocos de oposição ao governo. Isso vai depender do entendimento que o próximo presidente do partido irá encaminhar”, avalia o parlamentar. “Esperamos que o bloco das oposições possa estar unido, contribuindo para que possamos aprofundar o projeto de desenvolvimento da Paraíba, juntando forças também com o PTB, PEN e PMDB”.

Mas e se o Partido Popular Socialista (PPS) se firmar mesmo na oposição ao atual governador Ricardo Coutinho (PSB)? Onde o PPS irá se encaixar? Com PT e PMDB? Ficam as perguntas.

blog do Gordinho